\imprensa Viva
.

Lula, que anda bancando o presidenciável, pode se tornar réu em outras três investigações criminais em breve


Tem gente que não toma termo mesmo. No meio político então, nem se fala. É ministro investigado, ex-ministro delatado, senadores e deputados incriminados. Quem é gente de bem hoje em dia tem a sensação de viver um pesadelo quando se depara com certas notícias. Apesar das situações escabrosas vividas por vários políticos, um em especial supera todas as expectativas quando o assunto é falta de vergonha.

O ex-presidente Lula é o campeão em ações penais na Justiça, e apesar desta vergonhosa condição, anda desfilando de presidenciável para cima e para baixo no país e nas manchetes de jornais. Como se não bastassem as cinco ações penais em que figura como réu, Lula também é alvo de diversos inquéritos que tratam de dezenas de investigações em que é apontado como autor de crimes de lavagem de dinheiro, corrupção e tráfico de influência.

Em um destes inquéritos, autorizado pelo juiz Sérgio Moro, o petista é alvo de uma investigação que apura as obras feitas pela empreiteira OAS em um sítio em Atibaia (SP), que era usado por Lula, e pertence a Fernando Bittar e Jonas Suassuna, amigos da família e sócios de outro filho de Lula, Fábio Luís. Investigadores suspeitam que Lula ocultou a propriedade do sítio e que recebeu propina na forma de reformas no local. O mesmo inquérito inclui ainda investigações sobre os pagamentos de palestras a Lula por empreiteiras e doações ao Instituto Lula.

O petista também se tornou a estrela de primeira grandeza em uma das investigações que foi desmembrada do inquérito principal da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), que apura o papel do núcleo político do esquema de desvios na Petrobras.

Para completar o histórico vergonhoso, digno dos bandidos mais contumazes da história, Lula também é alvo de um inquérito no Distrito Federal que apura a suspeita de tráfico de influência em negócios da Odebrecht na América Latina, que usaram financiamentos do BNDES. Investigadores suspeitam que o ex-presidente teria atuado como lobista em viagens ao exterior e usado sua influência junto ao banco.

Lula imagina que todos os brasileiros são trouxas e nega todas as acusações que lhe são imputadas através de investigações técnicas. Lula tenta insinuar que os membros da justiça brasileira, incluindo ai delegados da Polícia Federal altamente qualificados, agentes da PF, juízes, desembargadores e procuradores do MPF são desonestos ao acusá-lo e alega que ele é o único santo em toda esta história pavorosa.

O dado concreto é que, assim como qualquer criminoso que tenta ocultar seu patrimônio através do uso de laranjas, Lula afirma que não é dono do sítio em Atibaia ou de qualquer outro bem atribuído a ele. Sobre o inquérito que apura tráfico de influência no exterior, a defesa disse que a abertura do procedimento é "injustificada". Também disse que "todas as palestras feitas (por Lula) estão declaradas e contabilizadas, com os devidos impostos pagos, e que ele jamais interferiu na autonomia do BNDES".

Lula não é uma piada. Lula é uma vergonha.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget