\imprensa Viva
.

Eike diz em depoimento que tentou entrar nos esquemas da Petrobras, mas não era aceito no "clube" de corruptos



O empresário Eike Batista prestou seu primeiro depoimento na Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro nesta terça-feira, 31, um dia após ser preso no âmbito da Operação Eficiência, acusado de repassar U$ 16.5 milhões ao ex-governador Sérgio Cabral. O empresário afirmou que não vai se pronunciar no momento, deixando claro que falará apenas o avanço das tratativas para seu acordo de delação premiada.

Durante uma depoimento prestado em 2016, deixou algumas pontas soltas sobre seu envolvimento no petrolão. Na ocasião, o empresário afirmou a procuradores da Operação Lava Jato que “não fazia parte” do clube de empreiteiras que fatiava obras e contratos da Petrobrás e que era “persona non grata” na estatal.´

“Olha, eu era como um jogo fora do baralho”, afirmou Eike ao ser ouvido por dois procuradores da República, que integram a força-tarefa da Lava Jato, em Curitiba. “É só vocês verem o que aconteceu. Por que que o Eike Batista não está na Lava Jato? Não está envolvido com Petrobrás? Por que?.”

Segundo o empresário, ele não está envolvido nos esquemas da estatal por falta de vontade. Segundo o ex-bilionário, qualquer negócio com a Petrobras gerava "muito Caixa". “Eu com os empreiteiros, eu era um bicho que as pessoas nem sabiam me interpretar. O que eles faziam era o seguinte: vamos sugerir para a Petrobrás construir um novo porto. Essa era a cultura”, explicou Eike, aos procuradores Roberson Pozzobon e Julio Motta Noronha.

“Um cartel e o Eike Batista que trazia empresas estrangeiras e capital próprio, não encaixava. Esse clube… eu não fazia parte desse clube. E sempre fui expulso do clube.”

“Pessoal da Petrobrás me detestava. Eu na Petrobrás? Eu era persona no grata.”
O empresário afirmou que tentou aproximação com a ex-presidente da Petrobrás Graça Foster, mas sem sucesso.

“Eu sempre tive interesse em ocupar o meu espaço. Interesse de pegar, construir sondas no meu estaleiro, mas como eu não fazia parte do grupo…”, explicou Eike, ao dizer que não fez parte do grupo de estaleiros subcontratados pela Sete Brasil, para construir os equipamentos. Os vencedores foram estaleiros formados pelas empreiteiras do cartel, como Odebrecht, UTC, Engevix.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget