\imprensa Viva
.

Eduardo Cunha, Lula, Fernando Baiano e Renato Duque foram os que mais recorreram contra Moro no STF.


O ex-presidente Lula está na lista dos investigados que mais recorreram com ações no Supremo Tribunal Federal, STF, contra o juiz Sérgio Moro. Ao lado do petista, estão figuras ilustres do mundo do crime, como o ex-deputado Eduardo Cunha, o lobista Fernando Baiano e o ex-diretor da Petrobras, Renato Duque.

Entre as reclamações e habeas corpus apresentados no STF contra Moro, aparecem quatro movidas por eEduardo Cunha e três movidas por Lula. Também foram identificados quatro recursos do lobista Fernando Soares, mais conhecido como Fernando Baiano; quatro de Renato Duque e três do ex-deputado Luiz Argôlo. Há ainda vários políticos, doleiros, ex-funcionários da Petrobras e executivos de empreiteiras na lista.

O levantamento não traz detalhes dos recursos, mas é certo que alguns políticos, empresários e ex-funcionários da Petrobras recorreram várias vezes ao STF. Os pedidos mais comuns são para revogar prisão e suspender investigações conduzidas por Moro. O ex-presidente Lula ainda entrou com ações disparatadas, como as que pedia a suspensão do juiz Moro e até mesmo um pedido de "absolvição sumária" feito no processo que apura suposta tentativa de impedir um acordo de delação premiada do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró no decorrer da Operação Lava Jato. Obviamente, foram todos negados.

O petista é ainda campeão em processar seus investigadores. Em várias ações na Justiça, Lula exigiu indenizações por supostos danos causados em sua imagem por procuradores, desembargadores e até mesmo delegados da Polícia Federal. Até o momento, também não levou nenhuma. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget