\imprensa Viva
.

Agora é Sérgio Moro e própria Lava-Jato que querem que Cármen Lúcia assuma homologação das delações da Odebrecht


O site Imprensa Viva, ainda que de forma açodada, foi o primeiro no Brasil a cogitar a possibilidade da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, assumir o papel do ministro Teori Zavascki no que tange a maior tarefa relacionada a relatoria dos processo da Operação Lava Jato no Supremo: a homologação da delação dos executivos do grupo Odebrecht.

Agora, mais um grupo de peso entrou em campo e defende que Cármen Lúcia se encarregue da tarefa deixada por Teori: O GLOBO informou que os Procuradores da Lava-Jato e até mesmo o juiz da 13ª Vara Federal em Curitiba, Sérgio Moro, relataram a pessoas próximas à investigação que o melhor cenário para o avanço da operação é a homologação das delações da Odebrecht pela presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia ainda neste mês, antes do fim do recesso do Judiciário.

Segundo a publicação, a avaliação da força-tarefa é a de que Cármen Lúcia tem em suas mãos o poder de decidir rapidamente sobre os inquéritos e processos da Lava-Jato que atualmente tramitam sob sigilo em Curitiba, cujo avanço depende da homologação. A possibilidade permitiria à Lava Jato utilizar informações dos depoimentos nos processos e ainda abrir novas frentes de apuração.

Os procuradores do MPF lembram que a homologação tem como objetivo garantir que colaboradores não tenham sido coagidos e que seus depoimentos tenham ocorrido em conformidade com a lei.

O processo já estava avançado e praticamente acertado com Teori, que antes de morrer designou quem seriam os juízes auxiliares a operacionalizar este processo.

A análise sobre o mérito dos depoimentos — e a abertura de eventuais investigações sobre pessoas com foro privilegiado no STF — só ocorrerá em um segundo momento, com a designação de um novo relator no Supremo.

A atuação da Lava-Jato em processos envolvendo investigados sem foro privilegiado e a Odebrecht, tanto em Curitiba quanto em outros estados, independe da nomeação do novo relator no Supremo.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget