\imprensa Viva
.

Rodrigo Maia é mais canalha que Cunha e Renan juntos. Ambicioso, negocia cargos com corruptos para se manter no cargo


O atual presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, tem se revelado uma criatura mais desprovida de escrúpulos que seu antecessor, o ex-deputado Eduardo Cunha, preso na Operação Lava Jato. Maia comandou a mutilação do pacote das dez medidas contra a corrupção e ainda incluiu no pacote um projeto para criminalizar juízes e membros do Ministério Público.

Após ter a votação cancelada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, STF, Luis Fux, Maia se aliou a Renan Calheiros para recorrer ao STF, numa tentativa desesperada de proteger políticos corruptos investigados na Lava Jato. Rodrigo Maia é um deles e foi apontado em delação da Odebrecht como recebedor de cerca de R$ 600 mil em propinas da empreiteira.

O deputado agora tenta um novo golpe contra a constituição para continuar no cargo de presidente da Câmara, mesmo ciente da inconstitucionalidade da empreitada, já que exerce um mandato-tampão, e não pode ser reconduzido numa mesma legislatura. Cabe ao presidente da Câmara fixar as regras e conduzir o processo eleitoral. Neste caso, Maia não tem a isenção necessária na medida em que pretende ser candidato.

Mas Maia não desiste. Nem de impor o pacote mutilado das dez medidas de combate a corrupção, do projeto para punir juízes e procuradores, ou do desejo de violar as regras para permanecer no cargo e continuar usufruindo de regalias similares ao de um presidente da República, como Jato exclusivo da FAB, escolta especial e ocupar uma das melhores residências oficiais de Brasília.

No vale tudo pelo apoio a sua reeleição em fevereiro de 2017, Maia (DEM-RJ), começou a oferecer cargos na Mesa Diretora e até a indicação para liderança do governo. O foco da negociação são os maiores partidos do Centrão - bloco de cerca de 200 deputados da base aliada liderado por PP, PSD, PTB e PR e que, nesta semana, atuou para tentar barrar sua candidatura. Maia ofereceu ainda secretarias para o PT secretaria ao PT e tenta obter o apoio de Kassab e vem conversando com o ex-deputado Valdemar Costa Neto, que controla o PR.

Acompanhe no vídeo abaixo a ironia do parlamentar, ao afirmar que ninguém no Brasil vai tirar o poder de decidir sobre as questões de interesse dos corruptos e que se o cidadão quiser aprovar algo do interesse da sociedade, que se candidate a deputado. "Em 2018, teremos eleições"

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget