\imprensa Viva
.

Presente de Natal da Lava Jato. BNDES cancela US$ 3,6 bilhões que seriam gastos em 16 obras liberadas por Dilma no exterior


Além do dinheiro roubado pelo PT e o cartel de empreiteiras corruptas que já recuperou para o povo, a Operação Lava jato é a responsável por mais feito heroico: o cancelamento de uma série de repasses referentes a obras aprovadas pela ex-presidente Dilma Rousseff no exterior.

Reconhecida como a maior operação anticorrupção do mundo, as investigações da Lava-Jato alcançaram  seis países da América Latina e Caribe. Graças a identificação de irregularidades envolvendo os contratos dos governos do PT com empreiteiras como a Odebrecht e OAS,, o BNDES, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, suspendeu o desembolso de US$ 3,6 bilhões para 16 obras de infraestrutura na Argentina, Venezuela, República Dominicana, Cuba, Honduras e Guatemala.

O Ministério das Relações Exteriores brasileiro participa das negociações em torno da retomada dos desembolsos. Os países mais afetados são também os que mais receberam recursos no período. A maior beneficiária, a Venezuela, terá de renegociar cinco projetos, entre eles a expansão do metrô de Caracas, cujas obras receberam US$ 1,28 bilhão do BNDES. A República Dominicana, segundo país da região em volume de recursos, tem seis projetos questionados pelo banco, com custo previsto de US$ 656 milhões.

A lava Jato já recuperou outros cerca de R$ 15 bilhões aos cofres públicos, contando com o acordo firmado com a Odebrecht na última semana. E tem gente que reclama.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget