\imprensa Viva
.

Moro nega pedido da PF de transferir Léo Pinheiro para presídio. Amigo de Lula teme pela própria vida


O juiz federal Sérgio Moro indeferiu um pedido da Polícia Federal que solicitou nesta segunda-feira, 12, a transferência do ex-presidente da OAS José Aldemário Pinheiro Filho, o Léo Pinheiro, para o Complexo Médico Penal, em Pinhais, na região metropolitana da capital paranaense.

O ex-amigo de Lula afirmou temer pela própria vida em virtude do tero bombástico das informações que ainda deve prestar sobre o ex-presidente petista. O executivo é a peça central para o esclarecimento de vários crimes atribuídos a Lula, como a reforma no sítio em Atibaia, a aquisição do triplex no Guarujá, a reforma dos dois imóveis e outros esquemas de corrupção durante os governos petistas.

Além de Léo Pinheiro, a Polícia Federal pediu a transferência de outros dois presos da Operação Lava Jato que estão na carceragem da PF em Curitiba: do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e do ex-tesoureiro do PP João Claudio Genu.

A PF alegou em seu pedido que a quantidade de vagas em sua carceragem está perto do "limite aceitável quanto a sua lotação" para justificar o remanejamento dos presos para que não haja "risco iminente a segurança".

No despacho, o juiz federal Sérgio Moro indeferiu o pedido da transferência de Léo Pinheiro.
Em relação aos outros dois, ele disse que quer ouvir, antes de decidir sobre a remoção, o Ministério Público Federal (MPF).
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget