\imprensa Viva
.

Lulinha segue o exemplo do pai e tem reforma milionária de imóvel bancada por empresários e amigos


O filho do ex-presidente Lula, Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, teve a maior parte de uma reforma milionária no imóvel de luxo bancada por empresários e amigos. A Polícia Federal acaba de concluir um laudo no âmbito da Operação Lava Jato, no qual foi revelado que  Lulinha e sua mulher, Renata de Abreu Moreira, bancaram apenas 28% do 1,6 milhão de reais gasto com reforma, mobiliário e eletrodomésticos do apartamento onde vivem, em São Paulo.

Segundo a Polícia Federal, os 72% restantes da conta, correspondentes a 1,1 milhão de reais, foram patrocinados por velhos e notórios amigos: os empresários Jonas Suassuna e Fernando Bittar, supostos laranjas do sítio em Atibaia (SP), além da mulher de Bittar, Lilian Arbex Bittar, e seu irmão, Kalil Bittar. As reformas no imóvel de luxo ocorreram ao longo de 2013, diz a PF.

Assim como o sítio em Atibaia usado por seu pai, o imóvel habitado por Lulinha, está em nome de Suassuna. Laudo divulgado pela Lava Jato em outubro não detectou pagamentos de aluguel de Lulinha ao empresário. Treze pagamentos de 15.000 reais de Fábio Luís a Suassuna, seu sócio na Gamecorp, não seriam suficientes, segundo a PF, para bancar o aluguel do imóvel.

A Polícia Federal descobriu todo o esquema em documentos apreendidos no apartamento durante a 24ª fase da Lava Jato, batizada de Aletheia, que teve como alvos endereços ligados ao ex-presidente Lula.

A PF identificou uma série de planilhas e tabelas do notebook de Lilian Bittar, que é proprietária do escritório de design que elaborou a “proposta de design de interiores para área residencial” e “acompanhamento de obra e assessoria na ambientação” do apartamento de alto padrão onde vive Lulinha. De acordo com a PF, os móveis e eletrodomésticos encontrados no imóvel são “compatíveis” com os listados nas planilhas de Lilian.

O Globo informou que "Apenas a reforma do imóvel, excluindo mobiliário e eletrodomésticos, custou 772.762 reais, dos quais 139.049 reais foram custeados por Lulinha e Renata de Abreu. Cozinha, churrasqueira, hall social, lavado, quatro banheiros e lavanderia do apartamento receberam melhorias, conforme o relatório da perícia da Polícia Federal.

Do preço total de 725.811 reais pago pelos móveis do apartamento, o filho e a nora de Lula arcaram com 317.569 reais. Os “clientes” do restante das compras, no valor de 408.242 reais, são Jonas Suassuna e Lilian Arbex Bittar.

Apenas em mobiliário planejado da fábrica de móveis de luxo Ornare, Suassuna gastou 326.681 reais. De acordo com a PF, o nome de Lilian aparece nas planilhas por que foi a empresa dela quem orientou o design do apartamento".
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget