\imprensa Viva
.

Lula tem R$ 18 milhões em aplicações financeiras, mas preferiu recorrer a vaquinha virtual para pagar advogados


Apesar de possuir cerca de R$ 18 milhões em aplicações financeiras, o ex-presidente Lula preferiu apelar para uma vaquinha virtual para arrecadar recursos para pagar despesas com seus advogados. De uma meta da R$ 500 mil, Lula conseguiu arrecadar cerca de R$ 250 mil pela internet. Está com menos moral que Dilma e Dirceu. A petista conseguiu tirar dos petistas trouxas cerca de R$ 720 mil, enquanto o ex-ministro Dirceu arrecadou cerca de R$ 920 mil em sua vaquinha.

Lula nunca gostou de pagar suas contas. Não é por acaso que responde a vários inquéritos por crimes de lavagem de dinheiro e favorecimento pessoal. Segundo pessoas ligadas ao petista, Lula não gosta de pagar nem a cachaça que bebe. Enquanto encontra trouxas para pagar suas contas, o petista vai poupando seu rico dinheirinho que ganhou das empreiteiras da Lava Jato. Um órgão do Ministério da Fazenda comprova o contrário. Lula possui cerca de R$ 18 milhões muito bem guardados.

Segundo o relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), entregue à força-tarefa da Operação Lava-Jato, a pequena empresa que o ex-presidente abriu para "negociar" suas palestras, a Lils, recebeu R$ 27 milhões de empreiteiras que participaram do assalto à Petrobras e de empresas que faziam negócios com a estatal. Outras fontes da notícia AQUI

De acordo com o documento, boa parte do dinheiro recebido por Lula através da LILS veio das empreiteiras investigadas na Lava-Jato, como Odebrecht, Andrade Gutierrez, e OAS. Segundo o Coaf, o ex-presidente usou parte do dinheiro em investimentos pessoais, como R$ 13 milhões em aplicações financeiras e depositou outros R$ 5 milhões em um plano de previdência privada.

Além das empreiteiras que desviaram recursos da Petrobras, Lula recebeu dinheiro de outras empresas suspeitas.

Após o constrangimento causado pela revelação de que recebeu alguns milhões das empreiteiras investigadas na Lava Jato, Lula ordenou que seu Instituto divulgasse uma lista de outras empresas que também contrataram suas palestras. Veja outras fontes da notícia AQUI. 

A ideia era demonstrar que nem todo o dinheiro que recebeu era de origem ilícita. O tiro saiu pela culatra e a iniciativa acaba levantando novas suspeitas sobre a prática de tráfico de influência.

Entre as outras empresas que contrataram palestras de Lula, algumas levantam mais suspeitas “embaraçosas”, uma vez que Lula não é nenhum especialista na área energética. Veja alguns exemplos abaixo:

- O SINAVAL é a instituição que representa os estaleiros brasileiros instalados em diversas regiões do país. Todos os estaleiros possuem contratos com a Petrobras.

- BTG Pactual é um banco de investimento que participou da compra de ativos da Petrobras na África. Segundo especialistas do setor de petróleo, e funcionários da própria Petrobras, o BTG Pactual pagou pouco para participar como sócio da extração de preciosas reservas no continente africano.

- Centro de Estudos Estratégicos de Angola. Lula é investigado pelo Ministério Público, acusado de influenciar governantes daquele país a assinar contratos bilionários com a construtora Odebrecht com dinheiro do BNDES.

- Endesa, empresa espanhola que atua na distribuição de gás natural e na geração e distribuição de energia elétrica. A empresa também tem negócios com a Petrobras e Eletrobrás.

- Gas Natural Fenosa, empresa espanhola que controla a Ceg, Ceg Rio, Gas Natural Fenosa em São Paulo e recentemente comprou da Petrobras 40% da empresa na distribuidora estatal mineira de gás Gasmig por R$ 600 milhões.

- Iberdrola é uma empresa espanhola que atua na distribuição de gás natural e na geração e distribuição de energia elétrica que também tem negócios com a Petrobras nas áreas de gás e energia de termelétricas.

- GDF Suez, empresa francesa do setor de energia GDF Suez é controladora da Tractebel, que vende energia no Brasil e que doou R$ 1.5 milhões à campanha de Dilma e ao PT.

A GDF Suez foi a empresa líder do consórcio para construção da Usina Hidrelétrica de Jirau, em Rondônia, uma das maiores obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

A GDF Suez tem como acionista o bilionário Alfred Frére, que controla a Astra Oil por meio da Transcor Astra Group. Para quem não se lembra, a Astra Oil era a dona da refinaria de Passadena, no Texas. A refinaria que Dilma deu aval para a Petrobras comprar, o que ocasionou um prejuízo bilionário ao Brasil.

Além das empresas que possuem notadamente negócios com a Petrobras, Lula também fez palestras para outras empresas que receberam dinheiro do BNDES, como o Grupo Petrópolis, do empresário Walter Faria, dono da Cervejaria Itaipava e amigo de Lula e de João Vaccari. Faria conseguiu empréstimos milionários para a expansão de seus negócios e retribuiu doando alguns milhões ao PT e contratando palestras de Lula. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget