\imprensa Viva
.

Lula se diz traído por Emílio e Marcelo Odebrecht, após tantos negócios bilionários. Clima de revolta no PT


O ex-presidente Lula informou através de seu instituto que não vai comentar a delação do executivo Marlo Odebrecht, que confirmou na Lava Jato que o petista recebeu propina da empreiteira em troca da aprovação de projetos superfaturados na Petrobras e pela liberação de recursos do BNDES para a empreiteira no exterior.

Apesar de se recusar a refutar as declarações feitas pelo ex-presidente da empreiteira, o petista lamentou entre amigos que uma relação tão duradoura tenha terminado de forma tão cruel. Lula esteve por trás de negócios bilionários com a empreiteira. Pessoas próximas comentam que a delação de Emílio e Marcelo Odebrecht foi um ato de traição, após tantos anos de parceria. "A empresa faturou bilhões durante os governos do PT e viu seu faturamento saltar de U$ 5 bilhões para mais de U$ 140 bilhões entre 2003 e 2014", comentou um aliado de Lula.

Segundo fontes ligadas ao petista, Lula está triste e muito revoltado com a delação de Marcelo Odebrecht. As revelações do empreiteiro sepultaram suas esperanças de que seria poupado e jogaram por terra toda a estratégia de defesa adotada até aqui. O fato de figurar na planilha de propina da empreiteira como beneficiário de cerca de R$ 23 milhões caiu como uma bomba no PT e na família do ex-presidente. O clima é de revolta entre os aliados do petista. A avaliação geral é a de que o ex-presidente se tornou indefensável diante da delação da Odebrecht e forneceu subsídios concretos para que o juiz Sérgio Moro determine sua prisão.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget