\imprensa Viva
.

Lindbergh Farias perde direitos políticos, tem os bens bloqueados e é multado em R$ 480 mil.


O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) acaba de ter seus direitos políticos suspensos por quatro anos, após decisão da juíza Nathalia Calil Miguel Magluta, titular da 5ª Vara Cível da Comarca de Nova Iguaçu, cidade que o político comandou antes de chegar ao senado. A decisão da Justiça do Rio foi divulgada na noite de sexta-feira (16). O parlamentar promete recorrer.

Na época, o então prefeito distribuiu caixas de leite e cadernetas de controle de distribuição com o logotipo criado para o seu governo e sua imagem impresso no material. Na sentença, a juíza também condenou o ex-prefeito ao pagamento de multa no valor de R$ 480 mil.

A juíza Marianna Medina Teixeira, da 4ª Vara Cível de Nova Iguaçu, também  decidiu bloquear os bens de Lindbergh  após o Ministério Público apontar irregularidades no convênio firmado pelo petista para realizar a Bienal do Livro no município durante seu mandato de prefeito.

Caso todos os recursos impetrados pela defesa do senador sejam rejeitados pela Justiça, Lindbergh pode ser enquadrado pela lei da Ficha Limpa. Lindbergh era a maior esperança do PT e cotado para assumir a presidência nacional do partido, no lugar de Rui Falcão. Em delação premiada, um executivo da Odebrecht confirmou que repassou propina ao senador petista e afirmou que a empreiteira também tinha "esperança" no futuro do político.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget