\imprensa Viva
.

Justiça americana respalda acusações do delegado da PF, Filipi Pace, o mesmo que Lula processou pedindo R$ 100 mil



O ex-presidente Lula se deu mal mais uma vez. O Departamento de Justiça dos Estados Unidos acaba de confirmar as conclusões do delegado Filipe Pace, apresentadas no relatório da Polícia Federal relativo a Operação Omertà.

Lula entrou com uma denúncia contra o delegado da Polícia Federal, com base no  Relatório de Análise de Polícia Judiciária Nº 675, produzido pela PF para justificar ao Ministério Público Federal, MPF a necessidade de indiciamento do ex-ministro Antonio Palocci há cerca de um mês.

Os advogados do petista pediram a condenação do delegado da PF,  Felipe Hille Pace, por danos morais. Lula pede o pagamento de R$ 100 mil do delegado que, no indiciamento do ex-ministro Antonio Palocci, citou a suspeita de que o codinome “Amigo”, que aparece nas planilhas da Odebrecht, seja Lula. O petista moveu a ação contra Pace, mesmo sabendo que ele não era o responsável pela apuração de supostos crimes pelos quais foi apontado.


Segundo os advogados de Lula, o intuito de Felipe Hille Pace era causar prejuízo à imagem e à reputação de Lula. “Assim, na busca da fama instantânea, usou do cargo e da função para emitir um juízo negativo contra o autor [da ação, Lula], sem qualquer base e fora de suas atribuições funcionais”, escreveram os advogados do ex-presidente na ação protocolada. “A conduta, aliás, não só é incompatível com o respeito que merece um ex-Presidente da República eleito por dois mandatos, como também é inconciliável com as atribuições de um Delegado de Polícia Federal”, afirmaram os advogados do petista.

O problema é que agora, O Departamento de Justiça americano chegou as mesmas conclusões do delegado da PF, só que com base no acordo de colaboração da Odebrecht e Braskem. Os documentos em pose da Justiça americana comprovam as alegações de Pace. Isto significa que, além de perder a causa por danos morais, Lula pode ser processado pelo delegado da PF.

Segundo informações prestadas pela Odebrecht à Justiça dos Estados Unidos, A MP 470 garantiu benefícios para a Braskem relativos ao crédito prêmio de IPI e IPI Zero.  Em troca, o ex-ministro do PT, Guido Mantega, pediu os R$ 50 milhões para a campanha de Dilma. Em troca, Lula embolsou R$ 23 milhões e, Antonio Palocci, outros R$ 8 milhões.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget