\imprensa Viva
.

Jean Wyllys deve ter mandato suspenso por cuspe em Bolsonaro, recomenda relator do processo no Conselho de Ética



O ex-BBB Jean Wyllys (PSOL-RJ) pode ter o seu mandato de deputado federal suspenso por  quebra de decoro parlamentar ao cuspir em Jair Bolsonaro (PSC-RJ) no plenário da Câmara durante a votação do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff em abril deste ano.

O relator do processo no Conselho de Ética da Câmara, deputado Ricardo Izar (PP-SP) recomendou nesta terça-feira (13) a suspensão do mandato do parlamentar do PSOL por 120 dias.



A representação foi apresentada ao Conselho de Ética pela mesa diretora da Câmara seguindo recomendação do corregedor-geral da Câmara, deputado Carlos Manato (SD-ES).

Após Izar votar pela suspensão do mandato, o deputado Júlio Delgado (PSB-MG) pediu vista, ou seja, mais tempo para analisar o parecer do relator.


Os integrantes do Conselho de Ética terão de aguardar, pelo menos, dois dias úteis para analisar se aceitam a sugestão de Ricardo Izar ou se rejeitam a recomendação.

O colegiado pode arquivar o caso ou propor uma pena mais dura, como a cassação do mandato. Neste caso, seria designado uma novo relator para o processo.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget