\imprensa Viva
.

Dilma pode ser a pessoa que pediu R$ 50 milhões a Odebrecth citada no documento do Departamento de Justiça dos EUA


A ex-presidente Dilma Rousseff é a principal suspeita de ter pedido R$ 50 milhões de dólares em propina citada no documento divulgado pelo Departamento de Justiça dos EUA, sobre o esquema envolvendo a Braskem.

Trecho do documento do Departamento de
Justiça dos EUA. Clique na imagem 
No documento, consta que um político brasileiro cobrou R$ 50 milhões em propina em troca de ajuda para que a empresa fosse beneficiada com a aprovação de leis.  A empresa concordou e repassou dinheiro, que teria sido usado para financiar uma campanha eleitoral.

Uma das decisões que beneficiaram a Braskem partiu exatamente do governo Dilma, quando foi aprovado um projeto para reduzir a alíquota de PIS e Cofins na compra de produtos químicos, medida esta que beneficiou de forma direta empresas do setor. Mas nenhuma delas foi tão beneficiada quanto a Braskem, empresa controlada pelo grupo Odebrecht. No mesmo dia do anúncio da redução das alíquotas, a ação preferencial da Braskem disparou 8,10 %.

Dilma sancionou a Medida Provisoria em setembro de 2013 (confira aqui)

"Ao reduzir a alíquota de produtos como nafta petroquímica de 9,25% para 1%, e manter o direito de um crédito tributário sobre 9,25%, o governo proporcionará um ganho direto de R$ 600 milhões à Braskem em 2013 - valor que pode subir para R$ 900 milhões no ano que vem", segundo avaliou na época o presidente da petroquímica, Carlos Fadigas.

Na ocasião, o benefício veio em boa hora, já que a empresa havia encerrado 2012 com prejuízo de R$ 738 milhões.

Segundo dois delatores da Operação Lava Jato, Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef, a Braskem pagou propina para ser beneficiada no contrato com a Petrobras.

Lula é o segundo maior suspeito.

Em 2009, ainda durante o mandato do ex-presidente Lula, a Braskem assinou um contrato com a Petrobras para comprar nafta e o negócio virou alvo de investigação em março deste ano. Nafta é um produto essencial para fazer plástico e é a Petrobras que vende nafta no Brasil.

Uma comissão interna da Petrobras foi criada para estudar o contrato e concluiu que a estatal foi prejudicada porque a Braskem acabou pagando um valor abaixo do preço de mercado.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget