\imprensa Viva
.

Bandido querendo prender polícia. Lula, Renan, Maia e outros criminosos querem um Brasil só deles


O desespero dos políticos corruptos chegou ao limite no Brasil. Apavorados com a assinatura do acordo de delação da Odebrecht, o PT do ex-presidente Lula e membros de outros partidos, como o presidente do Senado, Renan Calheiros e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, partiram para o tudo ou nada para assegurar a impunidade e evitar a cadeia para si e seus aliados.

Renan vem atuando de forma insistente e completamente desarrazoada na tentativa de votar em regime de urgência o tresloucado projeto de "abuso de autoridade", uma medida que permitiria aos corruptos colocarem os juízes e procuradores que ousarem investigá-los na cadeia.

Como não conseguiu prosperar em suas insistentes tentativas de votar a PL 280 em regime de urgência, Renan e o PT de Lula incumbiram a tarefa ao delinquente Rodrigo Maia, que além de mutilar o projeto das dez medidas proposto pelo Ministério Público Federal, ainda incluiu medidas que preveem a criminalização de juízes e membros do MPF.

Em ação coordenada pelo PT, que votou em peso no projeto de abuso de autoridade no plenário da Câmara, Rodrigo Maia se tornou cúmplice do maior golpe contra a sociedade de que se tem notícia nos últimos anos. Numa absurda inversão de valores, Lula, Renan e Maia querem ver poste mijando em cachorro.

Tamanha cara de pau destes bandidos fez com que a população manifestasse seu repúdio nas ruas no último domingo, exigindo a restauração do projeto original das dez medidas contra a corrupção, a exclusão do projeto de abuso de autoridade e a proteção da Operação Lava Jato.

Ainda assim, os cínicos e bandidos do Congresso insistem em subjugar a vontade soberana da sociedade. Tanto abuso e escárnio só é possível graças ao famigerado foro privilegiado.


_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget