\imprensa Viva
.

Após se curvar para Renan, STF deve endurecer com políticos delatados. É a única forma de recuperar o respeito do povo


O desgaste sofrido pelo Supremo Tribunal Federal, STF, no episódio em que a maioria dos ministros se curvou a arrogância do presidente do Senado, Renan Calheiros ainda não foi digerido pela população, que ainda nutria pela Corte um certo respeito.

O presidente do Supremo, Cármen Lúcia, também sofreu um acentuado desprestígio ao apoiar o parecer da maioria dos colegas de que era preciso conter a crise política, preservando um réu provocador na Presidência do Senado.

Na próxima semana, políticos de todos os partidos que apareceram na delação do ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht, Cláudio Melo Filho, darão início a uma campanha para pressionar a Procuradoria-geral da República, PGR, para que anulem o acordo do executivo.

Tanto o Ministério Público Federal quanto o STF terão de endurecer bastante com os corruptos delatados nos próximos meses, tendo em vista que a delação da Odebrecht, por razões óbvias, não trata de políticos inexpressivos.  A empreiteira não corrompia políticos sem poder decisório. Entre os delatados, estão os representantes mais influentes e antigos da política nacional. Gente disposta a tudo para barrar a delação e evitar a cadeia. A pressão dos poderosos será infernal

Caso isso aconteça, não será apenas o mercado que perderá a confiança no Brasil. A população perderá completamente a confiança em suas instituições. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget