\imprensa Viva
.

Vexame internacional Defesa de Lula convoca imprensa mundial para mais um deprimente espetáculo de esperneio


O desespero do ex-presidente em produzir factoides apenas para se vangloriar em sua página no Facebook e fornecer subsídios para seus jornalistas de aluguel não tem limites.  A defesa do petista faz parte deste triste espetáculo de esperneio no Brasil e no exterior e convocou nesta segunda-feira, 14, a imprensa internacional, para falar da petição apresentada pelo grupo de advogados contra a Justiça brasileira à ONU.

Desta vez, a encenação de que há algo  acontecendo se dará aa quarta, 16, na sede do Clube Suíço de Imprensa, onde os advogados Geoffrey Robertson, Valeska e Cristiano Zanin Martins vão “atualizar a imprensa sobre a exaustão dos direitos domésticos de Lula no Brasil e os ataques de direitos humanos sobre Lula”.

Apesar da baixíssima adesão ao manifesto internacional em defesa de Lula, que atraiu pouco mais de 29,5 mil assinaturas em dois meses, a maioria de militantes do PT, a defesa do petista insiste que há algum movimento substancial em defesa do réu da Lava jato. No site, escrito em inglês, Lula é apresentado como "pai do Brasil moderno" e alvo de uma "caçada judicial". Lula está desesperado, pois percebeu que ninguém no mundo está nem aí pra seus problemas.

Segundo o comunicado intitulado “O que está acontecendo com Lula”, a equipe falará sobre o fato da ONU, no mês passado, ter cumprido um mero protocolo ao aceitar “uma petição do ex-presidente Lula, na qual ele alega ser perseguido pela justiça no Brasil”.

Lula e seus advogados estão batendo palma para maluco dançar A aceitação de análise do caso “não implica uma decisão nem sobre sua admissibilidade e nem sobre mérito”, diz a instituição. Segundo a porta-voz da entidade, Elizabeth Throssell, “isso significa apenas que o Comitê de Direitos Humanos olhará o caso”.

Ainda conforme a organização, a admissibilidade da queixa apenas será avaliada uma vez que a entidade também tenha em mãos a defesa do Estado brasileiro. “O Comitê vai começar sua consideração sobre a admissibilidade, uma vez que tenha recebido a submissão do Estado brasileiro sobre o assunto”, indicou. “O tempo para considerar a queixa, tanto em sua admissibilidade como mérito, varia. Mas pode levar até cinco anos”, completou a ONU.

A ONU sabe que a Justiça Brasileira tem concedido a Lula o mais amplo acesso  ao direito de defesa e que até o momento, não houve absolutamente nenhuma violação  de seus direitos como cidadão. Ao encaminhar os documentos para a ONU, o governo brasileiro irá enviar também as fichas criminais dos amigos, ex-ministros, ex-tesoureiros e empreiteiros ligados a Lula que estão presos por centenas de crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.  A ONU também receberá um calhamaço de provas e indícios de que o ex-presidente comandou uma gigantesca organização criminosa que assalto o país em mais de U$ 200 bilhões ao longo dos últimos anos. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget