\imprensa Viva
.

Temer pede a cabeça de Geddel. Irritado com desgaste, presidente perdeu a paciência com ministro


O presidente Michel Temer quer a demissão do ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima ainda nesta sexta-feira, 25. O presidente está irritado consigo mesmo por ter insistido em arbitrar os conflitos desta semana entre o ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero e Geddel.

Segundo interlocutores, Temer está bastante contrariado com a forma com que a crise afetou o Planalto. O presidente comentou a forma com que Geddel insistiu em misturar seus negócios imobiliários com os de governo, mas também reclamou das fofocas do ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero.

Temer agora torce para que a suposta gravação de Calero seja divulgada o mais rápido possível. Segundo o Planalto, a gravação vai revelar tanto o comportamento republicano do presidente, quanto a má fé de Calero.  Segundo fontes do Planalto, o presidente tem convicção de que tentou mediar a situação favoravelmente a posição de Claero e que agiu de forma institucional.

A acusação de Calero surpreendeu a equipe de Temer, que o reconhece como um conciliador, nunca um "arranjador", como sugeriu o ex-ministro da Cultura. O Palácio do Planalto também passou a admitir nesta sexta que o ex-ministro da Secretaria de Governo cometeu um erro, mas admite que não conseguiu prever a dimensão que o caso tomaria.

O presidente já está sondando um substituto para o cargo do ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, que deve anunciar sua demissão nas próximas horas.


_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget