\imprensa Viva
.

Renan Calheiros começa a ser frito hoje no STF. Seu reinado no senado está com os dias contados


Nesta quinta-feira (3), o Supremo Tribunal Federal (STF) começa o julgamento de uma ação sobre a linha de sucessão presidencial que pode detonar o Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). A Corte deve julgar se é ou não inconstitucional que indivíduos que se tornem réus pelo próprio tribunal figurem na linha sucessória do cargo de presidente da República.

O processo representa uma ameaça direta a permanência de Renan na presidência do Senado, já que ele é o segundo na linha de sucessão presidencial, atrás do presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) na ausência do presidente da República.

Renan responde a 12 inquéritos no STF e deve ser alvo de um julgamento na Corte ainda este ano. O ministro Edson Fachin já até liberou para a pauta a denúncia em que o senador é acusado de beneficiar uma empreiteira suspeita de arcar com a pensão de uma filha que ele teve com a jornalista Mônica Veloso. Se a denúncia for acolhida pelo plenário do Supremo, Renan se tornará réu e terá que deixar a presidência do Senado imediatamente.

Para que isto aconteça. basta que o STF decida sobre a inconstitucionalidade de réus na linha sucessória do cargo de presidente da República. São grandes as chances de que o entendimento prevaleça entre os ministros do Supremo. De mesmo modo, Renan tem 100% de chance de se tornar réu em alguns dos 12 inquéritos que existem contra ele no STF. De qualquer forma, o mandato de Renan como presidente do Senado acaba em fevereiro.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget