\imprensa Viva
.

Petistas agrediram Caco Barcelos, do do “Profissão Repórter”, confirma testemunha


Uma testemunha que estava presente na manifestação em frente a Assembleia Legislativa (Alerj), no rio de Janeiro, confirmou que os repórteres Caco Barcellos, da TV Globo, e Guilherme Ramalho, do GLOBO, e o cinegrafista Luiz Felipe Saleh, do “Profissão Repórter”, foram agredidos por um grupo liderado por militantes petistas.

Segundo informações da testemunha, que pediu para não ter o nome revelado, um grupo de manifestantes liderados por militantes do PT e CUT havia se infiltrado entre os demais manifestantes na tarde desta quarta-feira, 16. O líder do grupo confirmou que não era funcionário público e que estava ali apenas para dar "uma força" para a manifestação.

Haviam vários "paulistas" entre os integrantes do grupo que participou do protesto de servidores do estado, confirmou a testemunha, que estranhou o chamamento para a agressão contra o jornalista que esta sendo bem tratado por todos os presentes. "Eles foram chamando umas pessoas que estavam fora dos protestos, acompanhando de longe", diz a testemunha. "Depois foram todos comemorar e o paulista falava no telefone que eles haviam expulsado a Globo. Mas ninguém no protesto estava com eles".

Caco Barcellos foi atacado pelos manifestantes, que jogaram cones de trânsito no jornalista, o atingindo na cabeça e nas costas, e também garrafas de água. Guilherme Ramalho, da Editoria Rio, foi chutado e teve que deixar o local para não sofrer mais agressões. As ações violentas foram repudiadas por entidades que defendem as liberdades de imprensa e expressão. Acompanhe as imagens chocantes no vídeo abaixo:

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget