\imprensa Viva
.

O PT rouba na Petrobras e onde mais pode, o MST rouba, sequestra e mata gados e Lula vem dizer que estão criminalizando a esquerda


O ex-presidente Lula voltou a dar uma demonstração de seu cinismo neste sábado, ao participar de um ato de solidariedade à Escola Florestan Fernandes, mantida pelo MST em Guararema, no interior de São Paulo. Há poucos dias, os membros do MST que estavam no local praticaram o crime de obstrução de justiça ao tentaram impedir a Polícia de cumprir mandados judiciais, mas na visão da esquerda, são eles que são as vítimas da truculência policial.

Na sexta-feira, 04, um grupo de agentes da Polícia Civil tentou entrar pacificamente na Escola Florestan Fernandes e explicaram que estavam cumprindo um mandado de prisão contra uma integrante do movimento como parte da Operação Castra (acampamento, em latim).

Os diretores da escola do MST se negaram a abrir os portões e os policiais, por força de suas atribuições legais, foram obrigados a suar a força para entrar no local. Segundo a  Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, cerca de 200 pessoas que estavam no local tentaram desarmar os agentes e quatro deles ficaram feridos

A operação foi autorizada pela Justiça do Paraná e era um desdobramento de uma investigação em que os integrantes do MST não são acusados de ultrapassar o sinal vermelho ou jogar uma guimba de cigarro na calçada, mas sim por praticarem crimes como furto, roubo, invasão de propriedade, incêndio criminoso, cárcere privado e porte ilegal de arma, entre outros. Apenas em uma fazenda em Marabá, no Pará, os integrantes do MST assassinaram mais de 800 vacas e bezerros de forma cruel e incendiaram outras propriedades. O grupo atua como terroristas em certas regiões do país, onde implementam técnicas de guerrilha, como tocaias e bloqueios estratégicos de rodovias.

Mas segundo Lula e os membros da esquerda, os membros do MST são santinhos. Com boné do MST, o ex-presidente Lula disse que “há um movimento para criminalizar a esquerda no país”. O petista discursou no evento ao lado de políticos do PT, do PCdoB, do PSOL e lideranças de outros movimentos sociais controlados pelo PT.

— Temos que nos preocupar. Há um processo de criminalização da esquerda em andamento neste país — disse o ex-presidente, que é réu em três ações na justiça, é alvo de pelo menos mais cinco inquéritos, apontado por centenas de atos criminosos envolvendo de lavagem de dinheiro, corrupção, tráfico de influência e ocultação de patrimônio.

Como não podia deixar passar mais uma oportunidade, o ex-presidente mais uma vez reclamou das investigação e criticou os integrantes da força-tarefa da Lava-Jato, que, segundo ele, se comportam como “analfabetos políticos”.

Lula voltou a alegar que as investigações contra ele fazem parte de um movimento mais amplo para criminalizar a esquerda. Justamente a esquerda conivente com os treze anos de roubalheira do PT. O partido roubou na Petrobras, no BNDES, nos fundos de pensão e até mesmo de velhinhos aposentados e endividados que contraíram empréstimos consignados. E Lula vem com esta conversa de que "estão tentando criminalizar a esquerda"


_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget