\imprensa Viva
.

Lula quer Ciro Gomes em 2018 para tirá-lo da prisão por decreto presidencial, caso esteja preso até lá


O PT vem debruçando sobre um tema espinhoso há muito tempo: a eventual prisão do ex-presidente Lula. A avaliação geral é a de que se o partido já sofreu todo o desgaste que sofreu apenas com as denúncias contra seu líder máximo, a conclusão é a de que sua prisão significaria o fim do PT. O presidente nacional do PT, Rui Falcão, fez uma avaliação sombria sobre o futuro do partido, após a prisão de Lula.

Durante uma reunião em Brasília, Falcão foi bastante realista ao falar com  senadores e assessores técnicos da bancada do partido sobre o cenário político tenebroso que espreita o partido nos próximos meses. Os presentes ainda tentam nutrir a esperança de que o juiz Sérgio Moro não deverá decretar uma prisão preventiva conta Lula, mas sua condenação é dada como certa e rápida. Implicado na Lei da Ficha Limpa, Lula estará tecnicamente fora da disputa eleitoral em 2018. Num cenário mais realista, a expectativa geral é a de que Lula esteja realmente preso antes de 2018.

Pragmáticos, "os petistas avaliaram que não há um plano B dentro do partido para substituir Lula nesse cenário. O reconhecimento é que a situação sofrível de Fernando Haddad em São Paulo, com rejeição elevada e a derrota logo turno, tira do PT o trunfo de transformá-lo numa reserva técnica para 2018".

Sem Haddad, o PT se volta para Ciro Gomes, do PDT, com quem Lula já tem adiantado algumas conversas. Os setores controlados pelo partido, como os sites de aluguel e os movimentos sociais, já estão sendo orientados a defender o pedetista nas redes sociais. Ciro já se comprometeu a tentar livrar Lula da prisão, seja levando-o para o exterior, ou como presidente, através de um indulto presidencial.

O indulto é uma forma de extinção da punibilidade, conforme o Art. 107, II, CP. A competência para concessão de indulto pode ser excepcionalmente delegada, mesmo em se tratando de uma competência privativa do Presidente da República, aos Ministros de Estados, ao Procurador-Geral da República e ao Advogado-Geral da União. O indulto só pode ser concedido "após condenação transitada em julgado, mas, na prática, têm sido concedidos indultos mesmo antes da condenação tornar-se irrecorrível"
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget