\imprensa Viva
.

Lula passa vexame em ato em defesa da indústria naval. Pouco mais de cem pessoas foram vê-lo. Expectativa era de 10 mil


O ex-presidente Lula passo por mais um constrangimento na manhã desta quinta-feira, 17, durante ato em defesa da indústria naval, no estaleiro Brasfels, em Angra dos Reis, no Rio. O ex-presidente correu para o evento todo animadinho, pois foi informado que, com a crise, havia a previsão de que mais de dez mil pessoas compareceriam ao local. Assim que chegou, Lula recebeu um balde de água fria. Pouco mais de 50 pessoas estavam presentes, a maioria de membros do sindicato e de pessoas ligadas a CUT.

a Keppel Fels, de Cingapura, controladora do estaleiro Brasfels, foi trazida ao Brasil por dois empresários hoje presos pela Operação Lava Jato. O  engenheiro Zwi Skornicki era o operador do esquema de propinas entre o estaleiro e a Petrobras. Zwi ajudou a roubar dinheiro da estatal para ajudar o PT a financiar a campanha de Dilma. Após a prisão, confirmou aos procuradores da Lava Jato que repassou U$ 4.5 milhões para o casal de marqueteiros de Dilma, João Santana e Mônica Moura.

Lula ficou contrariado com a baixa mobilização de pessoas e foi encorajado a "esperar mais um pouquinho" e informado que mais pessoas estavam chegando. Mas como nada acontecia com o passar do tempo, o locutor o chamou logo para falar para meia dúzia de curiosos. No início do vídeo, é possível perceber a rua vazia. A pessoa que filma foi orientada a focar apenas em Lula para evitar captar o mico.  Acompanhe no vídeo abaixo:



_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget