\imprensa Viva
.

Lula critica delação e usa delação em ação de danos morais de R$ 1.5 milhão contra Delcídio. Vai perder mais uma


O ex-presidente Luiz, um dos maiores críticos do instituto da delação premiada, quem diria, decidiu processar o ex-senador Delcídio Amaral com base em declarações de outros delatores na Lava jato. É isso mesmo. Lula está usando delações premiadas para processar outro delator da Operação Lava Jato. Lula exige uma reparação no valor de R$ 1,5 milhão do ex-líder do governo Dilma no Senado por danos morais.

A defesa do ex-presidente anunciou nesta sexta-feira, 11, que foi protocolada uma ação de reparação de danos morais contra o ex- senador petista que denunciou Lula no esquema de obstrução de Justiça no episódio da compra do silêncio do ex-diretor da Petrobras, Néstor Cerveró.

A ação de danos morais é subscrita pelos advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Zanin Martins, que até o momento, não venceram absolutamente nenhuma das ações que moveram na Justiça em favor de seu ilustre cliente.

O ataque de Lula contra seu ex-aliado se baseia em depoimentos de outros delatores da Lava Jato, que por razões óbvias, não puderam atestar a participação do ex-presidente Lula no crime de obstrução de Justiça.

De fato, segundo a delação de Delcídio, Lula não tratou diretamente com nenhum dos ouvidos, ou se tratou, os mesmos negariam, pois estariam se incriminando. Segundo relato do próprio Delcídio, Lula o escalou para ajudar a resolver o "problema" da delação de Cerveró. A defesa de Lula acredita que será possível colocar a situação na base da palavra de um contra o outro, mas não sabe que tipo de provas Delcídio tem na manga que pode destruir Lula. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget