\imprensa Viva
.

Gelisi Hoffmann, Ré no STF junto com o marido por corrupção e lavagem de dinheiro, pede renúncia de Temer


Em pronunciamento nesta segunda-feira (28), a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) defendeu a renúncia do presidente da República, Michel Temer, e a convocação de novas eleições. Segundo ela, o caso envolvendo o apartamento do ex-ministro-chefe da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, mostra que Michel Temer não reúne as condições para governar o país.

— Michel Temer não tem condições de governar. Talvez, para se recolocar no cenário ou tirar o apequenamento que fez da Presidência da República, poderia ter a grandeza de renunciar e convocar eleições diretas neste País. Só o povo, o voto popular tem condições de arrumar a situação na qual nos encontramos — disse.

Gleisi Hoffmann e seu marido, Paulo Bernardo, são réus no Supremo Tribunal Federal, STF. A denúncia criminal contra os dois foi acolhida por unanimidade pela 2ª Turma de ministros da Corte.

A acusação contra Gleisi, no STF, tem base nas delações premiadas do ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás Paulo Roberto Costa e do doleiro Alberto Yousseff. Eles revelaram que, em 2010, a petisra recebeu mais de R$ 1 milhão do esquema de propinas da Petrobrás foi destinado à sua campanha eleitoral para o Senado.

Seu marido Paulo Bernardo já é réu em uma ação penal em curso na 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo, por envolvimento no suposto esquema Consist – desvios de R$ 102 milhões em contratos de empréstimos consignados no âmbito do Ministério do Planejamento em sua gestão
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget