\imprensa Viva
.

Garotinho desviou R$ 3.5 milhões do contribuinte e Luciana Lóssio enfiou a mão no esgoto para salvar o verme


O ex-governador do Rio, Anthony Garotinho, atual secretário de Governo da cidade de Campos do Goytacazes,  que tem como prefeita a sua esposa Rosinha Garotinho, foi preso por fraudes no Programa Cheque Cidadão. Garotinho foi preso por fraude na concessão do benefício bancado pelos cofres públicos uso eleitoral. Garotinho usava Cheque Cidadão em troca de votos para seu grupo político e tinha uma espécie de “lista clandestina” com cerca de 17 mil de beneficiários, de acordo com as investigações do Ministério Público Eleitoral.

O rombo no programa social alcançou a cifra de R$ 3.5 milhões com as fraudes. Garotinho sequestrou o programa, retirando ilegalmente das assistentes sociais a prerrogativa de credenciar as famílias mais necessitadas.

Mais Garotinho contava com a proteção de ninguém menos que uma ministra do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A ministra Luciana Lóssio que protegeu Garotinho e mandou soltá-lo é a mesma que pediu vista no TSE para adiar a instauração da investigação que apurava o uso de dinheiro roubado da Petrobras na campanha à reeleição da ex-presidente Dilma Rousseff.

O nome de Luciana acabou aparecendo em uma conversa entre Anthony Garotinho e seu advogado Jonas Lopes de Carvalho Neto pouco antes da prisão ex-governador. Na gravação feita com autorização judicial, Garotinho alertava para o risco de ser preso e afirmava ter “contatos” com Luciana, relatora de um habeas corpus preventivo impetrado por sua defesa.

Foi a partir desse fato que as suspeitas de ligação entre a ministra e Garotinho voltaram à tona. Na escuta telefônica, Garotinho diz a Jonas Lopes que tem contatos com a ministra. Depois de ser preso pela PF, Garotinho foi transferido do Complexo Penitenciário de Bangu para um hospital particular por determinação de Luciana. Ela interveio depois que o ex-governador alegou problemas de saúde na prisão. Na última quinta-feira 24, o TSE acolheu a decisão de Luciana Lóssio em favor de Garotinho e substituiu sua prisão preventiva em medidas cautelares. Para não pegar mal, foi aplicada uma multinha de R$ 88 mil ao ex-governador que desviou milhões dos cofres públicos.

Ficou comprovado que os ministros do TSE possuem estômago forte e não sentem nenhum constrangimento por enfiar a mão no esgoto para salvar um verme.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget