\imprensa Viva
.

Fracassa ato em defesa de Lula. Organizadores escolheram local fechado e contou com figurantes pagos


O ato em defesa do ex-presidente Lula foi mais um fracasso na sequência de vexames protagonizados pelo petista e seus defensores. Organizado pelos líderes de movimentos sociais, sindicatos e partidos controlados pelo PT, A campanha lançada nesta quinta-feira (10), às 19h, que explora gatilhos mentais que não combinam com a condição de réu do petista é apenas mais uma peça publicitária de Lula no campo político, já que o petista não tem conseguido êxito no campo jurídico.

A deficiência de sua defesa se deve justamente a eficiência dos procuradores, técnicos e investigadores da força-tarefa da Operação Lava Jato.

O ato explora palavras como "em defesa da democracia", "do Estado de direito" e usa o pomposo  slogan "Por um Brasil justo para todos e para Lula". Já prevendo a pouca adesão ao ato, os organizadores resolveram lançar a campanha em um ambiente pequeno e escolheram a Casa de Portugal, centro de São Paulo. Movimentos como a CUT, MST, UNE e MTST contrataram militantes remunerados para lotar o local. Foi providenciado transporte, alimentação, bandeiras, camisetas e o tradicional lanche.

Os organizadores do evento disponibilizaram um canal no Youtube para transmitir o ato ao vivo. Inicialmente, a transmissão estava programada para ter início as 18:30. A equipe do Imprensa Viva acompanhou o canal desde as 18:00 horas. Passaram-se mais de uma hora após o horário previsto para o início da transmissão, e nada. Por volta das 19:20, começou a ser exibido um clipe com depoimentos de petistas e já havia pelo menos 7 pessoas acompanhando a transmissão, que foi novamente interrompida.


Apenas por volta das 19:40, os organizadores do ato conseguiram reunir um número suficiente de militantes para ocupar as cadeiras da frente do palco. Sem graça, o apresentador Tadeu di Pietro subiu ao palco para informar que os integrantes do MST estariam ocupando os lugares vagos. A audiência neste momento subiu para extraordinários 157 expectadores. Quando Lula começou a falar, cerca de 257 pessoas acompanhavam a transmissão em todo o mundo pelo Youtube. Um espetáculo armado que revela a triste decadência de Lula, do PT e dos pobres miseráveis que ainda se arriscam a defender a causa do petista ladrão.

O ex-presidente Lula é réu em três ações na Justiça e é alvo de outros cinco inquéritos em que também deve se tornar réu. Diante da dificuldade em provar sua inocência perante a Justiça, onde é apontado por mais de uma centena de acusações envolvendo crimes como lavagem de dinheiro, tráfico de influência e corrupção, o petista tem tentado desesperadamente se defender através do marketing político.

A organização do movimento é parte deste esforço para tentar subverter os critérios de aplicação da lei sobre criminosos. Lula tenta se colocar no papel de vítima para confundir a sociedade, tentando relacionar as acusações de que é alvo com uma forma de perseguição política. O marketing do petista explora ainda mensagens subliminares e gatilhos mentais, como democracia, estado de direito, direito democrático e outras expressões que nada tem a ver com aplicação da Lei por parte da Justiça contra criminosos.

 Os organizadores divulgaram um "manifesto" neste sentido, onde tentam subverter a ordem dos papéis e tentam convencer a sociedade que o ex-presidente não é um criminoso contumaz que está por trás da organização criminosa mais corrupta que ja comandou o país.
"O estado de direito democrático, consagrado na Constituição de 1988, é a mais importante conquista histórica da sociedade brasileira. Na democracia, o Brasil conheceu um período de estabilidade institucional e de avanços econômicos e sociais, tornando-se um país melhor e menos desigual, mas essa grande conquista coletiva encontra-se ameaçada por sucessivos ataques aos direitos e garantias, sob pretexto de combater a corrupção", diz o manifesto.

O problema é que Lula, que ainda goza de sua liberdade, tem tido amplo acesso a defesa. O petista conta com uma banca milionária de advogados que até o momento, tentaram explorar praticamente todos os recursos possíveis para protelar as ações em curso na justiça contra seu cliente.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget