\imprensa Viva
.

Esposa de Sérgio Cabral deve ser presa em breve. Adriana Ancelmo recebeu propina em dinheiro vivo em sua empresa


A esposa do ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, pode se tornar alvo de um mandado de prisão nos próximos dias. Adriana Ancelmo, que já teve todos seus imóveis e contas bancárias bloqueadas pela Justiça, foi apontada pela gerente financeira de seu escritório de advocacia como recebedora de propinas no esquema de corrupção comandado pelo marido.

Michelle Tomaz Pinto, a funcionária de Adriana Ancelmo afirmou à Polícia Federal que Luiz Carlos Bezerra, apontado pelo Ministério Público Federal como operador financeiro do ex-governador Sérgio Cabral, entregava dinheiro vivo à ex-primeira-dama em sua empresa.

A gerente da empresa de Adriana Ancelmo prestou depoimento cinco dias depois da deflagração da Operação Calicute, que prendeu Cabral e outras nove pessoas sob suspeita de cobrança de propina em obras no Estado. Cabral teria contado com indicação do ex-presidente Lula no esquema de desvios com as empreiteiras.

Michelle informou que Bezerra entregava o dinheiro à própria ex-primeira-dama ou para um de seus sócios. Ela afirmou que em parte das vezes a verba ficava guardada dentro do cofre do escritório.
Isso teria ocorrido, segundo o relato, entre 2014 e 2015.

Um levantamento da Receita Federal revelou que o faturamento do escritório da esposa de Cabral saltou de R$ 3,4 milhões em 2005 para R$ 17,5 milhões em 2014, em valores reais corrigido pela inflação. O patrimônio de  Adriana Ancelmo também subiu de R$ 1,9 milhão para R$ 21,7 milhões em dez anos.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget