\imprensa Viva
.

Dirigentes do PT abrem caminho para a expulsão de Lula. Segundo setores do partido, esta seria a única forma de salvar a legenda


Um grupo de dirigentes do PT descontentes com os rumos do partido deram início a um movimento que pode resultar na expulsão do ex-presidente Lula num futuro próximo. Setores do partido começaram a exigir de forma mais enfática que a legenda cumpra o que está escrito em seu código de ética e comece logo a expulsar os filiados ao partido condenados pela Justiça.

A pressão nos bastidores para que se proceda com a expulsão de condenados é defendida como um passo crucial para a renovação do partido. Entre os que devem ser expulsos, nomes de peso como José Dirceu, João Vaccari Neto, José Genoino e outros condenados no esquema do mensalão.

Entre os eventuais condenados no âmbito da Lava Jato, a lista é mais extensa e pode incluir o nome de outros petistas de peso, como Antonio Palocci, Paulo Ferreira, Guido Mantega e o próprio Lula.

A tese dos dirigentes petistas é a de que apenas o cumprimento do código de ética será uma atitude que o poder de sinalizar aos militantes, filiados e para a sociedade que o PT é um partido acima de seus membros e que ninguém está acima da lei.

Segundo fontes internas, dezenas de dirigentes defendem o endurecimento do partido com os corruptos e não soar bem ter alguém falando em nome do partido de dentro de uma cela de presídio -"Contar com este tipo de interlocutor é algo completamente dispensável para um partido que quer tentar se reerguer", diz um membro do PT. - "Quem acredita que o partido vai se levantar levando um monte de bandidos nas costas vai quebrar a cara". Muitos parlamentares devem abandonar a legenda nos próximos meses.

Por razões óbvias, Lula e grande parte do PT não concordam com a iniciativa.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget