\imprensa Viva
.

Dilma sumiu após delação da Odebrecht. Passou o dia falando com advogados


A ex-presidente Dilma Rousseff simplesmente desapareceu após a revelação de que ela negociou pessoalmente com o empreiteiro Marcelo Odebrecht acordos envolvendo propinas para sua campanha e liberação de recursos do BNDES.

A petista foi irremediavelmente envolvida na Operação Lava Jato após ter sido citada nada menos que 18 vezes no acordo de delação da maior empreiteira do Brasil. O ex-presidente do grupo, Marcelo Odebrecht, confirmou em delação que Dilma, além de negociar pessoalmente o dinheiro sujo para sua campanha, se comprometeu a liberar os pagamentos do BNDES para as obras do Porto de Mariel, em Cuba.

O executivo que se encontra preso em Curitiba por sua participação do cartel criminoso que vitimou a Petrobras, pediu a intervenção de Dilma na liberação de repasses do BNDES para a construção da obra em Cuba, feito pela Odebrecht com financiamento de mais de US$ 600 milhões do banco de fomento brasileiro.

Dilma teria lhe prometido resolver o assunto em 24 horas”.

Desde a publicação da matéria pela ISTOÉ, (Leia aqui a notícia completa), Dilma está incomunicável. Fontes ligadas a petista informaram que ela teria passado o dia em contato com advogados.


_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget