\imprensa Viva
.

Dilma segue tentando destruir o Brasil. PT não se importou com os brasileiros, mas sim com o poder a qualquer custo


Mesmo após ter sido escorraçada do governo por sua incompetência, mentiras e roubalheiras, a ex-presidente Dilma Rousseff continua tentando destruir o país. A petista, a exemplo de seus pares, segue a orientação destrutiva da cartilha do PT, que prega a oposição sistemática a qualquer governo que não seja o deles.

A cartilha do PT é totalmente baseada em ensinamentos de golpistas comunistas, e prevê a destruição de reputações e a interferência contrária a qualquer projeto que possa render dividendos políticos aos governantes junto ao povo.

O PT já comprovou que atua nos moldes da oposição sistemática clássica. Os representantes do partido, inclusive o ex-presidente Lula, votaram contra projetos importantes para o país e que representaram grandes conquistas para a sociedade, como a Constituição Cidadã de 1998, a Lei de responsabilidade fiscal, o Plano Real e todos os projetos que tinam como meta a estabilização da economia e o controle dos gastos públicos.

A ex-presidente Dilma, por exemplo, cortou em seu segundo mandato cerca de R$ 10.8 bilhões da educação, R$ 7.8 bilhões da saúde e outros R$ 6 bilhões das verbas destinadas a segurança pública previstos para 2015 e 2016. Foi o famigerado ajuste fiscal de Dilma que provocou o maior caos no sistema público de saúde e educação dos últimos 20 anos. Por outro lado, o PT, PCdoB e PSOL tentaram obstruir um projeto do governo Temer que previa a liberação de R$ 1.1 bilhão para a área da educação. Após aprovar a liberação destes recursos, o governo Temer liberou mais R$ 1 bilhão para a educação no último dia 14.

Nesta semana, Dilma participou de mais um evento sindical organizado pelo PT em Porto Alegre, no qual falou sobre  “O avanço neoliberal do mundo globalizado” para uma platéia de cerca de 20 pessoas. A petista lê as baboseiras ditadas por comunistas ao redor do mundo e tenta "adaptar" o pouco que entende ao contexto da situação atual do Brasil. Para variar, Dilma atacou os projetos do governo que limitam os gastos do executivo. Nesta mesma semana, Dilma gravou um vídeo incentivando as ocupações de escolas do país, afirmando, sem absolutamente nenhuma autoridade moral, que o projeto do governo de criar um teto paras os gastos públicos irá afetar os investimentos em educação e saúde.

Quem conhece a Proposta de Emenda Constitucional, ou a PEC 241, sabe que não é bem assim. Os gastos em áreas como educação e saúde são previstos na constituição e configura crime cortar os gastos previstos para esta área. Por outro lado, a limitação dos gastos públicos está consignada ao crescimento econômico do país, logo, não há um limite. O governo se compromete a gastar aquilo que arrecada, incluindo investimentos além dos previstos na constituição. A Proposta também fala em limitar gastos, mas não menciona nada sobre cortar gastos. Isto significa que o governo poderá cortar gastos em outras áreas para investir mais em saúde e educação.

Dilma ainda mente que a PEC 241 irá limitar os gastos públicos por 20 anos. Como ex-presidente, ela sabe que está mentindo. Qualquer Proposta de Emenda Constitucional pode ser revista a qualquer momento, seja daqui um ano, dois ou quando for necessário. A Proposta visa apenas assegurar que o governo não gastará mais do que arrecada, de modo a dar mais tranquilidade aos empresários e investidores. Todos sabem que quando se gasta mais do que se arrecada, a diferença acaba sendo cobrada do contribuinte, através do aumento de impostos ou da criação de novos tributos, como chegou a propor Dilma pouco antes de levar um pé no traseiro.

A fórmula de identificar a falsidade das técnicas do PT em manipular os menos instruídos e os mais acomodados é bem simples: eles fazem muitos planos para a vida do sujeito, mas nenhum plano para o Brasil. Quando chegam ao poder, aparelham o Estado apenas para roubar, roubar e roubar. Não é por acaso que os grandes nomes do partido estão em cana e que Lula está prestes a ser preso. Dilma também começa a ser envolvida nos esquemas de corrupção na Petrobras e deve enfrentar o mesmo drama de Lula a partir de 2017.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget