\imprensa Viva
.

Dilma passará pelo mesmo calvário que Lula perante a justiça em 2017 e deve gastar milhões com advogados


A ex-presidente Dilma Rousseff não terá sossego em 2017 a partir da data da homologação da super delação da empreiteira Odebrecht, avaliam especialistas e analistas políticos. A petista foi citada pelo menos 18 vezes na delação do executivo Marcelo Odebrecht, que confirmou que tratou diretamente com a então presidente sobre a liberação de propinas para a campanha da petista.

Segundo Marcelo Odebrecht, a contrapartida seria a liberação de dinheiro do BNDES para a obra do Porto Mariel, em Cuba. A petista teria se reunido com o executivo no México, em Cuba e por diversas vezes no Palácio do Planalto.

Além das revelações da Odebrecht que implicam a ex-presidente em novos desdobramentos da Lava , Jato previstos para 2017, Dilma também é alvo de um inquérito no Supremo Tribunal Federal, STF, acusada de ter participado, ao lado do ex-presidente Lula, em crime de obstrução da Justiça. Os dois teriam tentado atrapalhar as apurações da Operação Lava-Jato.

Segundo analistas políticos, em 2017, Dilma passará pelo mesmo calvário vivido pelo ex-presidente Lula em 2016. A petista passará por diversos constrangimentos, será intimada em várias circunstâncias e corre p sério risco de ser denunciada por crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e tráfico de influência.

Além do desgaste internacional e do risco de ser presa, Dilma terá despesas milionárias com advogados. Resta saber que vai pagar a fatura.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget