\imprensa Viva
.

Cabral Já entregou Pezão Falta entregar Eduardo Paes e Lula. Não vai demorar muito. É o maior chorão de Bangu 8


Em depoimento à Polícia Federal, o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, forneceu insinuações sobre o atual governador do estado, Luiz Fernando Pezão, indicando que ele conhecia a maior parte dos envolvidos nos esquemas de corrupção no estado. No total, Cabral citou Pezão por três vezes durante seu depoimento.

Cabral afirma que o contato com os executivos de empreiteiras no governo era responsabilidade de seu então secretários de Obras, o Pezão.

"[O advogado de Cabral] Perguntou ao declarante [Cabral] sobre quem seria o secretário de obras responsável pela obra de licitação de reforma do Maracanã, tendo este respondido que se iniciou na gestão Luiz Fernando Pezão, como secretário de obras, tendo sido concluída na gestão Hudson Braga [também preos]. [Cabral] informa que ambos efetuaram diversas visitas às obras e o indiciado apenas umas duas vezes", diz o termo de depoimento do ex-governador.

Pezão foi o secretário de Obras no primeiro mandato de Cabral, quando foi o responsável pelos contratos da reforma do Maracanã, das obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e do Arco Metropolitano, todos sob suspeita. O Ministério Público Federal afirma que o atual governador não é investigado.

"Relata ainda que o secretário de obra e, posteriormente, coordenador de infra-estrutura Luiz Fernando Pezão possuía contato com Fernando Cavendish e outras empreiteiras que tratavam com sua pasta", aponta o termo de depoimento de Cabral.

O ex-governador afirmou ainda que Hudson Braga lhe foi apresentado por Pezão em 2006, ano de sua eleição para o governo.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget