\imprensa Viva
.

A diferença entre um cidadão de esquerda e um conservador é que o último prospera


A sociedade é permeada por todo tipo de gente. O regime político em que o cidadão está inserido é um fator determinante para seu futuro e o de sua família, através do acesso aos meios, normas e leis que permitirão, ou não, o seu amplo desenvolvimento cultural e sócio econômico.

Normalmente, são nos regimes democráticos que estão presentes a maior parte dos requisitos fundamentais que permitem que o indivíduo desenvolva suas potencialidades e consiga melhorar sua condição e a de sua família, através de sua determinação pessoal. 

É natural que qualquer cidadão irá lidar relativa dificuldade no acesso ao crédito, ao ensino e outros requisitos que aumentem suas chances de alcançar certo grau de desenvolvimento. Neste aspecto, seu empenho será crucial para alcançar seus objetivos.

Em um ambiente democrático, regido pelas regras de livre mercado, onde a completividade funciona como um filtro sobre o emprenho e o mérito de cada indivíduo, é perfeitamente possível que o cidadão alcance um nível satisfatório sócio econômico, através de seu esforço pessoal. 

Mas como a sociedade é permeada por todo tipo de gente, nem todos estão dispostos a enfrentar certos desafios. Há sempre aqueles mais acomodados, que esperam que o Estado lhes forneça as condições ideais de sobrevivência. 

Estes dois tipos de cidadãos convivem em praticamente todos os segmentos da sociedade. Mesmo em comunidades carentes. Os mais afeitos aos desafios logo se destacam por seu esforço em melhorar de vida. E muitos conseguem transformar sua realidade e de seus familiares.

Um outro fator que diferencia os indivíduos de esquerda dos conservadores é que normalmente, os conservadores conseguem distinguir as coisas através da observação e constatação das oportunidades a que tem acesso. Já os simpatizantes do modo de esquerda de pensar costumam ser doutrinados por grupos políticos travestidos de várias formas, através dos líderes comunitários, movimentos estudantis, sindicatos e coletivos de toda sorte.

Mas a diferença mais gritante entre os simpatizantes da esquerda e os conservadores é que os últimos prosperam. Enquanto os simpatizantes da esquerda se preocupam em lutar por seus direitos, os conservadores se preocupam em cumprir com seus deveres. Os conservadores são mais empreendedores. Conseguem alcançar seus objetivos mais rapidamente, melhoram de vida, geram empregos e impostos para o Estado, que através da arrecadação, consegue ampliar o acesso da população ao ensino, saúde e outros serviços públicos. Já os simpatizantes da esquerda estão sempre de olho no dinheiro dos impostos gerados pelo esforço dos conservadores. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget