\imprensa Viva
.

76 mortos na queda do avião que levava a Chapecoense para a final da Copa Sul-Americana na Colombia


Tragédia no mundo do esporte. Um avião que transportava o time da Chapecoense rumo à Colômbia, caiu durante o trajeto matando 76 ocupantes. O avião de registro “RJ85”, que transportava cerca de 81 pessoas, incluindo a delegação do Alviverde, entrou em estado de emergência enquanto sobrevoava a Bolívia. Entre os passageiros, 48 integrantes da delegação da Chapecoense e 21 jornalistas.

Diante do ocorrido, unidades de resgate partiram para o local prestar socorro. As autoridades locais demoraram cerca de quatro horas para fornecer as primeiras informações sobre o número de mortos. Esta situação deve ser esclarecida, pois já nos primeiros minutos dos atendimentos já era possível constatar o alto número de vítimas fatais.



O lateral Alan Ruschel foi resgatado com vida, mas já há informações sobre mortes confirmadas. Segundo o corpo de bombeiros, há muitos sobreviventes. Jackson follmann e o goleiro Danilo também estão entre os sobreviventes.

O avião que transportava a delegação para o local do primeiro jogo da decisão da Copa Sul-Americana, desapareceu do radar e sofreu um acidente próximo à cidade de Cerro Gordo de La Unión. As informações foram confirmadas pelo próprio aeroporto da cidade colombiana. A queda da aeronave teria sido provocada por uma pane elétrica. Antes da queda, o piloto abriu o reservatório de combustível para evitar uma explosão durante o impacto com o solo.

O Aeroporto José María Córdova, de Medellín, na Colômbia, confirmou o estado de emergência da aeronave, que partiu de São Paulo sentido Bolívia e Medelín, onde a equipe enfrentaria o Atlético Nacional pela final da Copa Sul-Americana.


“O Comitê de Operações de Emergências do Aeroporto já foi acionado para atender e apoiar a situação que a aeronave apresenta. De acordo com os primeiros relatos, a aeronave (de registro TT2933) viajou com 72 passageiros, além de 9 tripulantes. As autoridades já estão no lugar”, informou.

As primeiras informações sobre o acidente confirmam que alguns sobreviventes já haviam sido socorridos e também levados para o hospital de La Ceja, na Antioquia, contando com ajuda de habitantes da região no local - Informação confirmada pelo Aeroporto, minutos depois. No início da manhã, as autoridades confirmaram a morte de 76 ocupantes da aeronava e apenas cinco sobreviventes.

Fonte: Manchette.com.br
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget