\imprensa Viva
.

Vaccari cometeu tantos crimes em nome do PT que deve terminar seus dias na prisão.


O ex-tesoureiro João Vaccari Neto é, ao lado de José Dirceu e Antonio Palocci, uma das figuras mais importantes do PT e está por trás de tantos crimes cometidos em nome do plano de poder do partido, que é bem provável que passe o resto de sua vida na cadeia.

Nesta sexta-feira, 14, ajuíza Maria Priscilla Ernandes, da 4ª Vara Criminal de São Paulo, aceitou denúncia do Ministério Público de São Paulo contra o ex-tesoureiro petista e mais 11 investigados, no escândalo criminoso da cooperativa Bancoop, que foi presidida por Vaccari.

O ex-tesoureiro do PT responderá pelos crimes de associação criminosa, falsidade ideológica, estelionato e violação à Lei do Condomínio. Vaccari  é proprietário de um apartamento no edifício Solaris, em Guarujá (SP), onde Lula e Marisa Letícia teriam um tríplex avaliado em mais de R$ 3 milhões, após as benfeitorias realizadas pelas empreiteiras Odebrecht e OAS. Vaccari foi acusado de estelionato em processo da 5ª Vara Criminal de São Paulo, referente ao período em que presidia a Cooperativa Habitacional dos Bancários (Bancoop), que vendeu, mas não entregou, apartamentos a cerca de 3.100 pessoas.

A Bancoop, sob gestão de Vaccari, sofreu desvios da ordem de mais de R$ 200 milhões que teriam sido repassados para as campanhas do PT. Posteriormente, já com a cooperativa falida, Vaccari repassou diversos empreendimentos inacabados que deveriam ser entregues para as 3.100 vítimas da cooperativa para a OAS do amigo de Lula, Léo Pinheiro. A empreiteira exigiu dos cooperados o pagamento de valores adicionais muito acima do previsto contratualmente. A justiça também investiga indícios de que o ex-tesoureiro do PT beneficiou integrantes da cúpula do partido com outros apartamentos.

Vaccari responde por uma série de crimes no âmbito da Lava Jato e já  foi condenado pelo juiz Sérgio Moro em maio e em setembro. Na primeira condenação, recebeu 9 anos de prisão por corrupção. Na segunda, foi condenado a uma pena de 15 anos e 4 meses de reclusão e está preso no Complexo Médico-Penal, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget