\imprensa Viva
.

Servidora que ajudou Dilma a furar fila da aposentadoria teve pedido de clemência em processo negado



A funcionária do INSS Fernanda Cristina dos Santos, uma das servidores que ajudou a ex-presidente Dilma Rousseff a furar a fila da aposentadoria, entrou com um pedido de suspensão do processo administrativo na Justiça de Brasília.

O pedido foi negado pelo juiz Itagiba Catta Preta, o mesmo que anulou a nomeação do ex-presidente Lula como ministro da ex-presidente Dilma Rousseff.

Cristina alegou em seu pedido que já pagou por seu erro, pois está sofrendo punições administrativas, uma vez que foi exonerada do cargo em comissão que ocupava anteriormente.

A servidora, que atendeu ordens do ex-ministro da Previdência do governo Dilma, Carlos Gabas, funcionário de carreira do INSS,  reclama de correr o risco de ser duplamente penalizada. Fernanda Cristina dos Santos está sendo investigada administrativamente por ter participado do esquema de concessão da aposentadoria à ex-presidente Dilma Rousseff em menos de 24 horas, quando o prazo normal em Brasília gira em torno de 125 dias.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget