\imprensa Viva
.

Renan Calheiros será julgado no STF. Ministro acolheu denúncia contra o senador apresentada pela PGR


O presidente do Senado finalmente será julgado no plenário do Supremo Tribunal Federal (STF)  por recebimento de propina da construtora Mendes Júnior, além dos crimes de peculato, falsidade ideológica e uso de documento falso.

O ministro do STF, Edson Fachin, liberou nesta terça-feira (4) para julgamento no plenário da Corte a denúncia apresentada pela Procuradoria Geral da República contra Renan, após quase 3 anos desde a apresentação da denúncia, em janeiro de 2003. O senador foi acusado de ter despesas de uma filha com a jornalista Mônica Veloso bancadas por uma empreiteira.

A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, deve marcar nos próximos dias a data do julgamento. O plenário do Supremo terá que decidir se abre ou não ação penal e transforma o presidente do Senado em réu.

 Na decisão, o ministro Edson Fachin confirmou que a partir de agora vai elaborar o relatório sobre a denúncia e levar o inquérito para o plenário decidir se abre ou não ação penal.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget