\imprensa Viva
.

PT reconhece que pode perder a bancada no senado em 2018, quando acabam os mandatos


A cúpula do PT ainda avalia os estragos provocados pela tragédia nas urnas nas eleições municipais, quando o partido perdeu 84% de sua influência sobre os municípios que administrava antes das eleições. Mas além do desastre eleitoral do último pleito, os membros da direção do partido preveem um futuro ainda mais dramático no plano nacional, com as eleições de Senadores, Deputados Federais e Estaduais em 2018.

No caso do Senado, a situação é mais preocupante, pois 8 dos 10 senadores da bancada na Casa foram eleitos durante o auge da aprovação popular do ex-presidente Lula, em 2010. Naquele ano, o líder do partido deixava a Presidência com fantásticos 83% de aprovação e conseguiu alavancar a eleição de praticamente todos os senadores, cujos mandatos terminam em 2018.

Precipício O PT já admite que sua bancada no Senado pode ser dizimada pelas urnas em 2018, quando acabam os mandatos de 8 dos 10 senadores que o partido tem hoje.

Segundo a coluna Painel da Folha, o grupo que irá se despedir do mandato nas próximas eleições inclui Gleisi Hoffmann (PR), Humberto Costa (PE), e Lindbergh Farias (RJ). Pesquisas internas apontam que praticamente nenhum dos senadores possuem chances de se reeleger. Investigados na Lava Jato, parte dos senadores já admite reservadamente não disputar a reeleição se o cenário não se alterar até lá. Alguns podem estar presos.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget