\imprensa Viva
.

Os cheios de razão sumiram. Estão todos assustados após descobrir que são incapazes de manipular o povo


A barulhenta esquerda brasileira tem muito que aprender quando o assunto é democracia. Em primeiro lugar, precisam aprender a conviver com aquilo que mais parecem defender: o contraditório.

Querer impor ao povo a qualquer custo uma ideologia corrupta e decadente em todo o mundo é um tipo de atitude tirânica e ditatorial. A esquerda brasileira caminha na contramão do mundo meritocrático por puro comodismo. Querem de todas as formas assegurar prerrogativas sobre o Estado, de modo a garantir benesses absurdas para um grupo restrito.

Este tipo de conduta cegou completamente setores da classe política e artística, que não conseguem perceber que a sociedade é perfeitamente capaz de traçar seus caminhos dentro da democracia. Alheios ao amadurecimento das pessoas em tempos de avanços no acesso à informações, tentam impor suas opiniões retrógradas, compartilhadas por uma classe que nunca precisou trabalhar.

Se esqueceram que qualquer pessoa hoje em dia sabe que Che Guevara, Stalín e Fidel Castro são assassinos, estupradores e corruptos e, ainda assim, tentam convencer as pessoas do contrário. Em nenhum momento se importaram em defender o grupo político mais corrupto da história do país. Não se importaram em atacar o juiz Sérgio Moro e os membros do Ministério Público Federal na Operação Lava Jato, os maiores símbolos do combate a corrupção no país.

Após as últimas derrotas impostas pela sociedade de forma democrática no campo político, todos sumiram. Perceberam que a palavra final é sempre do povo.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget