\imprensa Viva
.

Lula tenta constranger Sérgio Moro em mais uma manobra mesquinha e lista João Doria como testemunha


A defesa do ex-presidente Lula, diante da incapacidade de defender seu cliente tendo como base os termos legais, apela mais uma vez para o campo político, numa tentativa desesperada de desqualificar a atuação do juiz Sérgio Moro à frente da Operação Lava Jato.

Os advogados de Lula, Roberto Teixeira, José Roberto Batochio e Cristiano Zanin Martins, criaram um novo pedido de suspeição apresentado contra Moro, no qual insistem em explorar a presença do juiz da "lava jato" em eventos promovidos por  João Doria como representante do grupo de líderes empresariais Lide.

A defesa de Lula listou João Doria como testemunha para falar sobre a parcialidade do juiz pelo simples fato de Moro ter comparecido à um evento organizado pela entidade. O grupo LIDE é formado por líderes empresariais de corporações nacionais e internacionais.

A entidade promove debates sobre o fortalecimento da livre iniciativa do desenvolvimento econômico e social, assim como a defesa dos princípios éticos de governança corporativa no setor público e privado. Fundado no Brasil, em 2003, Moro proferiu uma palestra para empresários no mês de maio, bem antes da confirmação da candidatura de Doria para a prefeitura de São Paulo.

Resta saber o qual o vinculo que os advogados de Lula tentam estabelecer entre a presença de Moro no evento e os FATOS relacionados a roubalheira do petista e de seu partido na Petrobras, no BNDES, nos fundos de pensão e onde mais colocaram a mão.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget