\imprensa Viva
.

Lula se diz honesto, mas tenta embaraçar as investigações e não age como alguém que acredita na própria inocência


O ex-presidente tem dito em público que é dono da alma mais honesta deste mundo e chegou a afirmar que “Não existe viva alma mais honesta do que eu”. Mas nos bastidores, o petista atua de modo frenético para impedir que as ações contra ele na Justiça prosperem. Este não é um comportamento típico de alguém que acredita na própria inocência.

O próprio ministro Teori Zavascki, relator dos processos da Operação Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), já afirmou que Lula tentou por diversas vezes embaraçar as investigações. A afirmação está na decisão do ministro de negar um pedido dos advogados de Lula para suspender um processo que tramita na 13ª Vara Federal de Curitiba, comandada pelo juiz Sergio Moro.

Lula tem tentado de todas as formas se safar das investigações, seja através das piadinhas na imprensa ou nos pedidos de suspeição contra os juízes, procuradores e desembargadores que cuidam de seus casos. O petista não se importa em gastar milhões com ações completamente absurdas e sem a menor chance de prosperaram.

O petista é réu em três processos da Operação Lava Jato. O primeiro deles, aberto em julho, é decorrente de uma denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR). Ele, o ex-senador Delcídio do Amaral, o empresário José Carlos Bumlai e mais quatro pessoas são acusados tentar obstruir as investigações da Lava Jato.

A segunda denúncia, apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF), foi aceita em setembro pelo juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal do Paraná. Ele é acusado de ter recebido propina da empreiteira Odebrecht no caso do tríplex no Guarujá, Litoral de São Paulo. E ex-primeira-dama Marisa Letícia e outras seis pessoas também estão no processo.

Em outubro, o juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, abril ação penal contra o ex-presidente e mais dez pessoas. O grupo é acusado pelo MPF de ter participado de fraudes no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.

Além dos três inquéritos em que já se tornou réu, Lula é alvo de mais de cinco investigações que podem lhe render mais dores de cabeça nos próximos dias. As denúncias que serão oferecidas contra o petista daqui para a frente serão bem mais pesadas e acompanhadas de farta documentação probatória.

Diante da incapacidade de sua banca milionária de advogados em livrá-lo das encrencas em que se meteu, Lula tenta desesperadamente se defender no campo político. O petista tem defendido a tese de que deve ser julgado pela história e que seus investigadores devem deixar esse negocio de tribunal pra lá. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget