\imprensa Viva
.

Lula protocola mais um pedido de suspeição contra autoridade. Entenda o propósito oculto do petista


Acuado com tantos inquéritos e denúncias criminais por envolvimento em esquemas de corrupção, o ex-presidente Lula tem tentado compensar a fragilidade de sua defesa no campo político, através de pronunciamentos que atendem a três propósitos distintos: 

O primeiro seria tentar manter a militância mobilizada. O petista não está tendo êxito neste sentido, uma vez que boa parte da militância do PT é tradicionalmente remunerada. Os atos em favor do petista e de seu partido são inflados através da contratação de figurantes nas periferias.

O segundo propósito seria o de tentar sensibilizar a população sobre sua condição de homem de origem humilde. Neste caso, Lula também enfrenta dificuldades, tendo em vista que boa parta da população aprendeu a vê-lo como um homem arrogante, que tenta destruir seus adversários e desafia as autoridades do país. O povo tem ainda a percepção de que o ex-presidente é um homem muito rico e tem conhecimento que o petista chegou a movimentar mais de R$ 52 milhões em suas contas. A maior parte deste dinheiro teve origem nas empreiteiras investigadas na Lava Jato que participaram do assalto que vitimou a Petrobras.

O terceiro propósito, ainda mais frágil: Lula e seus advogados tentam desacreditar a Justiça, desqualificar juízes sérios, a Polícia Federal e os membros do Ministério Público Federal. A população sabe que os integrantes da força-tarefa da Lava Jato realizam um trabalho brilhante, já recuperaram mais de R$ 4 bilhões roubados por gente ligada ao PT para os cofres públicos e prenderam empresários poderosos e corruptos. Tentar desqualificar o maior esforço no combate a corrupção no país é o tipo de manobra que não convence a população.

Lula já tentou se livrar do juiz Sérgio Moro através de vários pedidos de suspeição contra o juiz federal, o qual acusa de 'incompetente para julgá-lo'. Lula já adotou o mesmo tipo de manobra para se livrar de outros juízes e agora fez o mesmo em relação ao desembargador João Pedro Gebran Neto, responsável no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) pelos processos da Operação Lava Jato em segunda instância. O petista protocolou, nesta quarta-feria, 19, um pedido de suspeição do desembargador do tribunal que tem sede em Porto Alegre (RS).

Lula gasta milhões com uma das bancas de advogados mais caras do país e ainda quer 'escolher' os juízes que conduzem as investigações que pesam contra ele. O problema é que o Cidadão comum não tem tanto dinheiro nem tenta escolher juiz. De cidadão comum, Lula não tem nada.

Mas o espetáculo do petista fora da esfera judicial tem ainda um propósito oculto: justificar sua eventual fuga do país. Lula tem sido encorajado a buscar asilo político em algum país governado por parceiros que se beneficiaram dos financiamentos suspeitos do BNDES. Sua campanha de vitimização atenderia ao propósito de justificar ao mundo sua fuga da justiça do Brasil.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget