\imprensa Viva
.

Lula não foi votar por medo de ser hostilizado como no 1º turno. O PT não tem como controlar local de votação


O ex-presidente Lula (PT) tentou justificar sua decisão de votar no segundo turno das eleições neste domingo, e chegou a afirmar que seu ato representava uma forma de protesto ao atual cenário político no Brasil. O petista também alegou que não é obrigado a votar pelo fato de ter mais de 70 anos. Setores da imprensa atribuem a ausência do petista em sua seção eleitoral ao fato do PT ter ficado de fora na disputa pela prefeitura de São Bernardo do Campo (SP), neste segundo turno. Outros afirmam que o petista não foi votar por vergonha de não ter conseguido eleger nem o próprio filho ou prefeito da cidade onde mora.

Mas o verdadeiro motivo de Lula ter desistido de votar não é nenhum dos alegados acima. O petista teme ser duramente hostilizado, como ocorreu  durante seu o voto no primeiro turno em São Bernardo do Campo, quando foi hostilizado por um grupo de seis pessoas e foi  xingado de "ladrão" e "vagabundo".

Lula foi acuado por um grupo de eleitores e não teve como escapar das vaias. Como não há como controlar o ambiente de votação, o ex-presidente achou melhor evitar novos "constrangimentos. Lula ficou trancadinho em casa. A manhã foi tranquila em frente ao prédio onde mora, em São Bernardo. Nem ele, nem familiares foram vistos. Somente seguranças do petista entraram e saíram do condomínio. A ex-presidente Dilma Rousseff também não quis se arriscar e decidiu não votar neste domingo. Lula e Dilma são os mesmos que pregam que somente através do voto é possível mudar o Brasil. Assim é a cidadania petista.

Reveja o vídeo abaixo:

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget