\imprensa Viva
.

Lula ganhou U$ 35 milhões do ditador Muamar Kadafi e tentou trazer o dinheiro ilegalmente ao Brasil


Um dos episódios envolvendo as tentativas do ex-presidente Lula para chegar ao poder revela um pouco do caráter do do homem por trás da organização criminosa que vitimou a Petrobras e o Brasil ao longo dos últimos treze anos.

No ano de 1998, o ex-presidente Lula precisava de um artifício para vencer as eleições contra o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Um grupo de criminosos internacionais forjou um falso dossiê contra o partido do concorrente de Lula e propôs negociar os documentos falsos com PT. Lula conseguiu o dinheiro para comprar o dossiê com seu amigo, ditador líbio Muamar Kadafi. O problema era encontrar uma forma de trazer o dinheiro, que também serviria para financia sua campanha, ao Brasil.

Foi quando Lula resolveu abordar um velho amigo, o então pastor evangélico Caio Fábio. No vídeo abaixo, o ex-pastor fez declarações sobre o episodio. Caio teve forte amizade por mais de 30 anos com o ex-presidente Lula e acabou caindo em desgraça. Caio Fábio conta em um de seus programas como Lula o pediu para trazer ao Brasil a soma de U$ 35 milhões, que ele Lula, confessava ser uma doação ilegal do ditador líbio Muamar Kadafi.

Não se sabe o que Lula prometeu em troca dos 35 milhões de dólares oferecidos por Kadafi, caso chegasse à presidência do Brasil. O fato é que Lula chegou ao posto, visitou o ditador várias vezes e fez negócios com Kadafi com o dinheiro do povo.


_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget