\imprensa Viva
.

Lula, Dilma e o PT fizeram 100% dos brasileiros perderem muito dinheiro. Além de falências e desemprego, valor de bens duráveis despencou



Passados mais de seis meses desde o afastamento da ex-presidente Dilma Rousseff e do PT do poder, os reflexos do desastre econômico provocado pela incompetência e pela corrupção dos petistas no Brasil ainda são sentidos por praticamente todos os brasileiros.

Apesar da tímida recuperação dos indicadores relacionados à atividade econômica, muitos números ainda apresentam os sinais negativos decorrentes do caos econômico deixado pela administração petista. Por mais que um ou outro tenha lucrado com a crise, as chances matemáticas de que toda a população do país sofreu algum tipo de consequência é de quase 100%.

De cara, todos foram penalizados através da elevação do custo de vida e arcam até hoje com os reajustes de tarifas em serviços essenciais promovidos por Dilma antes de deixar o poder, como água, luz e combustíveis. A alta destes serviços foi automaticamente repassada aos alimentos e outros bens de consumo. Como resultado, todo brasileiro foi forçado a pagar vez mais por aquilo que consome. Como os rendimentos da maioria da população não acompanhou os reajustes, a maior parte da população está pagando mais por menos.

A situação não é diferente quando o assunto é a desvalorização dos bens adquiridos por valores elevados com muito sacrifício. A queda no preço dos imóveis, automóveis e outros objetos de valor, que tem como consequência o aumento dos gastos e a diminuição nos rendimentos, tem feito muita gente perder muito, mas muito dinheiro mesmo.

No melhor dos mundos, ninguém saiu ganhando. A desvalorização dos bens de toda natureza não significa que estão vendidos facilmente, pois a maioria da população não tem dinheiro para comprar nada. Em certas regiões do país, há casos de imóveis que desvalorizaram mais de 40% nos últimos dois anos. O mais trágico nisso tudo é que, mesmo com as coisas mais baratas, muitos não conseguem comprar.

Há ainda os casos de empresas que perderam mais de 50% de seu valor de mercado. Máquinas foram abandonadas na linha de produção devido a ociosidade, equipamentos pesados estragaram por falta de uso ou manutenção e viraram sucatas. Empresas maiores viram suas ações despencarem no mercado e muitos empresários perderam o controle de seus negócios para chineses e outros investidores estrangeiros.

O descontrole dos gastos dos governos petistas forçou o aumento nas taxas de juros, um dos fatores que inibiu ainda mais o consumo entre aqueles que ainda estavam dispostos a investir.

O ambiente de insegurança deixado pelo PT com a devastação da economia, o altíssimo nível de desemprego, o comércio e a indústria não conseguiram sobreviver a queda nas vendas e fecharam as portas. Graças a esta soma de catástrofes, o número de desempregados no país alcançou a casa dos 12 milhões de desempregados. Dilma conseguiu multiplicar os pesadelos dos brasileiros de forma extraordinária, afetando o Cidadão em praticamente todos os setores de sua vida e fazendo muita gente perder muito dinheiro.

Além do dinheiro, o povo também foi dramaticamente prejudicado com a queda na qualidade dos serviços. Em consequência do descontrole da economia e das pedaladas fiscais, Dilma foi obrigada a efetuar cortes bilionários no orçamento de setores como a saúde, educação, transportes e segurança.

A falta de capacidade do governo do PT em manter a economia estável teve outras consequências devastadoras que vão além das questões financeiras. Muitas pessoas morreram neste intercurso por falta de atendimento em hospitais e outras por falta de remédios, equipamentos e atendimento adequado. Isto significa que se você “apenas” perdeu seu emprego, faliu e passou a consumir menos, considere-se no “lucro”.

Embora a população tente tocar suas vidas, adaptando-se aos novos tempos, situações dramáticas vividas por milhões de família permanecem ocultas do grande público. A imprensa não mostra o drama de milhões de chefes de família que se viram forçados a abrir mão de sua dignidade para viver de "bicos".

O caos provocado pelo PT na economia é equivalente a um tsunami que destruiu boa parte da base de consumo, como o fechamento de mais de 1.5 milhões de empresas. O Brasil vai levar pelo menos cinco anos apenas para se "recompor" do estrago. Embora Temer tenha se esforçado para conseguir tirar o país mais rapidamente da crise, é bem provável que terminará seu mandato em 2018 sem conseguir entregar um país no mesmo nível de 2010. Ai, quando aparecer um petista colocando a culpa pela crise econômica e pelo desemprego no atual governo ou mesmo no próximo, não dê ouvidos. Lembre-se que ele também, de alguma forma, sofreu na pele a tragédia causada pelo PT na vida dos brasileiros.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget