\imprensa Viva
.

Jovem teria sido instruída pelo pai petista em discurso em que defendeu invasões de escola, Mais uma farsa do PT


A estudante Ana Júlia, de 16 anos se tornou uma celebridade desde a última quarta-feira, quando um discurso seu defendendo as invasões em escolas do Paraná viralizou na internet. Em um discurso bastante eloquente, Ana Júlia afirmou que o movimento era “apartidário”, e que não havia qualquer interferência de partidos de extrema-esquerda no movimento.

Seu vídeo foi compartilhado milhares de vezes nas redes sociais, inclusive nas páginas do ex-presidente Lula e da ex-presidente Dilma Rousseff. “Ganhei o presente de ver essa menina falando”, disse Lula sobre vídeo de estudante do “Ocupa PR”. A repercussão foi tanta que até o ex-presidente Lula chegou a telefonar para a estudante.

“Essa história de doutrinação chega a nos ofender. Tudo aqui é discutido, debatido. Não somos vazios”, apontou. “Somos apartidários. Não temos lado. Aqui, mesmo [na ocupação], garantiu Ana Júlia no vídeo.

O problema é que a farsa caiu. O discurso da menina não foi algo espontâneo, mas sim elaborado por petistas de carteirinha. Ana Júlia é filha do advogado Júlio César Pires Ribeiro, citado em sites do PT ao lado de lideranças que participaram de um evento de debates dentro do partido.

O simples fato do movimento de ocupação das escolas ter sido encampado por todos os setores da esquerda já é suficiente para entener que está havendo uso político do movimento. Gente como Marcelo Freixo, Jandira Feghali e Gleisi Hoffmann apoiam qualquer iniciativa que vá contra as propostas do atual governo. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget