\imprensa Viva
.

Emílio Odebrecht confirma que estádio do Corinthians "foi presente" para Lula em troca de obras superfaturadas na Petrobras



O dono do grupo Odebrecht, Emílio Odebrecht, confirmou à Procuradoria-Geral da República, PGR em seu acordo de delação premiada que o estádio do Corinthians "foi um presente" para o ex-presidente Lula em contrapartida aos contratos superfaturados em obras na Petrobras e financiamentos obtidos pelo BNDES.

As obras da Arena Corinthians, o estádio que ficou conhecido como Itaquerão, sempre levantaram suspeitas de superfaturamento. Mas neste caso em particular, a Odebrecht assumiu os custos excedentes da obra do próprio caixa. Segundo o dono da empreiteira, este teria sido um 'agrado' ao ex-presidente Lula, que se beneficiaria de várias formas junto a direção do clube, que chegou a contratar seu filho caçula, Luis Claudio Lula da Silva.

Luleco chegou a receber pelo menos R$ 400 mil do Corinthians por 'serviços' prestados durante a gestão de Andrés Sanchez, que se elegeu deputado federal pelo PT. Não são poucas as notícias sobre os esquemas de corrupção e polêmicas envolvendo as obras da Arena Corinthians. A revelação de Emílio Odebrecht é praticamente uma chave de cadeia para Lula e outros envolvidos.

Com informações de O Antagonista
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget