\imprensa Viva
.

Dilma finge ignorar crimes de Lula e tenta intimidar autoridades, caso o petista seja preso


A ex-presidente Dilma Rousseff concedeu uma em entrevista à Rádio Guaíba, nesta quinta-feira, na qual fingiu ignorar os crimes praticados pelo ex-presidente Lula e tentou intimidar as autoridades quanto ao eventual risco da prisão do petista.

Dilma tentou explorar a narrativa de que haveria por parte das autoridades a intenção de impedir que Lula participe das eleições de 2018.

— Há um objetivo claro de condená-lo na segunda instância e inviabilizá-lo como candidato. Se ele vai ser atingido, não temos como avaliar hoje, mas o objetivo é este — afirmou Dilma, ignorando a centena de crimes sobre os quais Lula deve responder na justiça.

Em seguida, Dilma tenta intimidar as autoridades, insinuando que a prisão de Lula "cria uma situação muito difícil para o país" e que seria algo "temerário em todos os sentidos".

— Se prender (o Lula), acho que se cria uma situação muito difícil para o país. A prisão do Lula (se ocorrer) será vista como um corolário do golpe que resultou no meu impeachment. Acho que será visto assim pelo mundo. É temerário em todos os sentidos — acrescentou Dilma.

A narrativa explorada por Dilma é ineficaz, uma vez que já existe um enorme anseio quanto a prisão de Lula por parte dos brasileiros. De mesmo modo, a imagem de Lula no exterior já está completamente deteriorada e o resto do mundo já lida com a possibilidade de o ex-líder ir parar atrás das grades.

Por outro lado, o PT não conta mais com milhares de militantes remunerados, funcionários em cargos comissionados no governo federal e perdeu a capacidade de mobilização junto aos movimentos sociais, que estão tentando se aproximar do governo Temer. Dilma, Lula e o PT sabem que não haverá convulsão social com a prisão. Vai ter festa e queima de fogos.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget