\imprensa Viva
.

BNDES suspende US$ 13,5 bilhões em contratos com empreiteiras da Lava Jato no exterior


Nem tudo está perdido. Diante da política pouco transparente na concessão de empréstimos durante os governos de Lula e Dilma, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)
anunciou que deu início à um processo de revisão de todos os contratos de financiamento no exterior relacionados a obras de engenharia no exterior.

A decisão anunciada nesta terça-feira, 11, vai envolver 47 projetos da carteira do banco, sendo que 25 deles já contratados. Os projetos aprovados são de empresas investigadas pela operação Lava Jato estão com os desembolsos suspensos desde maio, informou o BNDES.

Foram suspensos financiamentos para obras dos grupos Odebrecht, OAS, Queiroz Galvão, Camargo Corrêa e Andrade Gutierrez em Argentina, Cuba, Venezuela, Guatemala, Honduras, República Dominicana, Angola, Moçambique e Gana.

A instituição informou que está fazendo um "pente-fino" em toda a sua carteira de projetos já contratados, aprovados, em análise e em consulta.

"O BNDES está analisando, caso a caso, cada um dos 47 projetos da atual carteira, que totaliza financiamentos de cerca de US$ 13,5 bilhões. Destes, os 25 projetos contratados somam US$ 7 bilhões, dos quais US$ 2,3 bilhões já desembolsados", informou o banco.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget